UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro

PIBEV-UFRJ 2014 - Edital do Programa Institucional de Bolsas de Eventos - PIBEV (edição 2014)

Este edital não possui texto de chamada.



EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EVENTOS – PIBEV, edição 2014 A Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, por intermédio da Pró-Reitoria de Extensão - PR-5, convoca a Comunidade Universitária a apresentar propostas para o Edital de Bolsas de Eventos edição 2014, de acordo com as condições definidas neste edital. 1. OBJETIVOS O Edital de Bolsas de Eventos tem como objetivos: 1.1. Apoiar a realização de Eventos no âmbito da Universidade Federal do Rio de Janeiro, que contribuam para o debate, a divulgação e/ou desenvolvimento de ações específicas ou integradas de Ensino, Pesquisa e Extensão, de forma a fortalecer a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão no âmbito das Unidades e dos Centros da UFRJ; 1.2. Promover o envolvimento e a cooperação entre docentes, técnico-administrativos e estudantes em atividades de construção e divulgação do saber, favorecendo a integração entre a UFRJ e os outros setores da sociedade. 2. DEFINIÇÕES 2.1. No contexto deste edital, define-se Evento como: “Ação que implica na apresentação e/ou exibição pública, livre ou com clientela específica, do conhecimento ou produto cultural, artístico, esportivo, científico e tecnológico desenvolvido, conservado ou reconhecido pela Universidade” (FORPROEX, 2007). 2.2. O Evento pode ser caracterizado como: campanhas em geral, campeonato, ciclo de estudos, circuito, colóquio, concerto, conclave, conferência, congresso, concurso, debate, encontro, espetáculo, exposição, feira, festival, fórum, jornada, lançamento de publicações e produtos, mesa redonda, mostra, olimpíada, palestra, recital, semana de estudos, seminário, simpósio e torneio, que congreguem pessoas em torno de objetivos específicos. A seguir apresentamos a classificação (tipos) de eventos e definições: CLASSIFICAÇÃO DEFINIÇÃO Congresso e Seminário Evento de âmbito regional, nacional ou internacional, em geral com duração até 7 dias, que reúne participantes de uma comunidade científica ou profissional ampla. O congresso é realizado como um conjunto de atividades (mesas redondas, palestras, conferências, apresentação de trabalhos, cursos, minicursos, oficinas/workshops). Os cursos incluídos no congresso, com duração igual ou superior a 8 horas devem, também, ser registrados e certificados como curso. Incluem-se nessa classificação eventos como Conferência Nacional, Reunião Anual, Seminário, Encontro, Simpósio Jornada, Colóquio, Fórum, etc. Ciclo de debates Encontros seqüenciais que visam a discussão de temas específicos. Inclui: Ciclo, Circuito, Semana. Exposição Exibição pública e promoção de obras de arte, produtos, serviços, etc. Tais como: Feira, Salão, Mostra, Lançamento, Vernissage. Espetáculo Demonstração pública de eventos artísticos e culturais, tais como: Recital, Concerto, Show, Apresentação teatral, Exibição de cinema e televisão, Musicais e interpretação musical. Evento esportivo Inclui: campeonato, torneio, olimpíada, apresentação esportiva. Festival Série de ações/eventos ou espetáculos artísticos, culturais ou esportivos, realizados concomitantemente, em geral em edições periódicas. Campanhas Ação pontual de mobilização que visa a um objetivo definido. 3. PROPONENTES 3.1. Poderão ser proponentes docentes ou técnico-administrativos em educação da carreira de nível superior que fazem parte do quadro permanente da UFRJ, com propostas de eventos aprovados em reunião de conselho ou congregação de Centro, Unidade ou equivalente na qual o coordenador estiver vinculado. 3.2. Cada proponente só poderá coordenar até dois eventos. 4. RECURSOS FINANCEIROS E VIGÊNCIA DAS BOLSAS 4.1- No âmbito deste edital serão comprometidos recursos financeiros para 500 (quinhentas) bolsas de eventos destinadas a estudantes de graduação da UFRJ, no valor unitário de R$ 200,00 (duzentos reais) ao mês, com vigência para o ano de 2014. 4.2- As bolsas concedidas aos eventos terão carga horária semanal de 10 (dez) horas semanais e duração de no mínimo um mês e no máximo três meses, dentro do prazo especificado em cada etapa: a) 1ª etapa: de 01/03/2014 a 30/06/2014; b) 2ª etapa: de 01/08/2014 a 15/12/2014. 4.3. Os eventos deverão ter contrapartida da(s) Unidade(s), dos Centros (quando for o caso) e/ou instituições envolvidas, sob a forma de apoio operacional e de infraestrutura. 5. INSCRIÇÃO 5.1. As propostas deverão ser enviadas pelos coordenadores via internet por meio do uso da plataforma eletrônica SIGPROJ - disponibilizada no endereço http://sigproj1.mec.gov.br/ 5.2. Todas as propostas de eventos concorrentes (novos ou renovação de porp deverão cumprir os procedimentos acadêmicos da UFRJ, estando devidamente aprovados na unidade de origem do coordenador. Nos casos em que a Unidade não tenha Colegiado de Extensão, o evento deverá ser aprovado no colegiado do departamento ou na congregação. No caso de apresentação de documento de aprovação Ad referendum, será necessário, substituí-lo pelo documento definitivo de aprovação em órgão colegiado ao qual o coordenador esteja vinculado, no período de Interposição de Recurso. 5.2.1. As propostas aprovadas devem ser transmitidas pelo SIGPROJ até às 23horas e 59 minutos, horário de Brasília, da data limite de submissão de propostas (item 10). 5.2.2. O responsável pelo envio receberá, imediatamente após o envio, um recibo eletrônico de protocolo da sua proposta enviada. 5.2.3. A PR-5 não se responsabilizará por propostas não recebidas em decorrência de eventuais problemas técnicos e congestionamento das linhas de comunicação. 6. ELABORAÇÃO DAS PROPOSTAS 6.1. As propostas devem ser estruturadas de acordo com os seguintes itens: • Público: descrição do público-alvo e número estimado de pessoas beneficiadas; • Justificativa e Fundamentação Teórica: explicitar a relevância do evento para a comunidade a que se destina, bem como, a importância para a área de conhecimento que trata o evento; explicitar a contribuição desse evento para a formação acadêmica do discente; • Objetivos e Metas: Clareza e precisão dos objetivos e metas, estabelecendo relação entre eles; • Metodologia: explicitar a metodologia, os procedimentos e as estratégias utilizadas para a produção e realização do evento; • Avaliação: explicitar os indicadores qualitativos e quantitativos que serão utilizados na análise e avaliação do evento e que permitirão examinar se foram alcançados os resultados esperados; • Equipe de Execução: deverá ser composta majoritariamente por docentes, técnicos-administrativos em educação e estudantes da UFRJ. Os coordenadores do evento, bem como, os demais integrantes da equipe executora deverão manter os Currículos Lattes preenchidos e atualizados; • Cronograma de Atividades: deverá ser relacionado com os objetivos, os procedimentos e o prazo de execução previsto; • Infraestrutura: explicitar as contrapartidas das Unidades, dos Centros (quando for o caso) e/ou outras Instituições envolvidas na realização do evento, sob a forma de apoio financeiro ou de infraestrutura. Realizar a adequação da proposta à infraestrutura do evento. • Anexos: I. Documento comprobatório de aprovação na Unidade de origem do coordenador (ver item 5.2); II. Documento comprobatório da previsão de crédito nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de graduação, para participação dos discentes nos eventos acadêmicos – se houver; III. Currículo Lattes do Coordenador do evento (proponente); IV. Relatório de Atividades e Resultados do Evento, em caso de renovação da proposta. 6.2. Todas as informações prestadas pelo coordenador estarão sujeitas à comprovação. 7. PROCESSO DE ANÁLISE E JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 7.1. O processo de avaliação será realizado por uma Comissão de Avaliação instituída pela Pró-Reitoria de Extensão, que terá como atribuições organizar e sistematizar o resultado da avaliação. 7.1.1. Caso algum dos membros da comissão estiver coordenando ou integrando a equipe do evento inscrito no edital, o mesmo não poderá ter acesso a avaliação da proposta. 7.1.2. Os integrantes da comissão deverão manter sigilo sobre o seu trabalho e as identidades dos consultores de cada projeto. 7.2. A Comissão de Avaliação solicitará pareceres de consultores ad hoc (docentes e técnico-administrativos da carreira de nível superior) oriundos de todos os Centros da UFRJ e das demais Pró-Reitorias Acadêmicas (PR-1 e PR-2), com atuação em ensino, pesquisa e extensão. 7.2.1. Caberá aos consultores avaliar e emitir parecer consubstanciado acerca das propostas recebidas. 7.2.2. Os consultores não poderão avaliar propostas provenientes da sua instância acadêmica. 7.3. Cada proposta será avaliada por dois consultores ad hoc, havendo a interveniência de um terceiro, quando houver divergência nas pontuações dadas pelos dois primeiros. 7.4. A avaliação será realizada considerando-se os quesitos identificados na tabela de pontuação: Tabela de Pontuação CRITÉRIOS DE ANÁLISE E JULGAMENTO NOTA PESO 1. Relevância do evento: A proposta deve demonstrar a relevância do evento para a comunidade a que se destina bem como a importância para a área de conhecimento que trata o evento. 0 a 3 2 2. Contribuição: Contribuição para divulgação do conhecimento ou produto cultural, artístico, esportivo, científico e tecnológico produzido na UFRJ. 0 a 3 2 3. Adequação da infraestrutura: A proposta deve evidenciar que os proponentes receberam ou irão receber auxílio financeiro de quaisquer outras instâncias de fomento e/ou especificar a infraestrutura existente na Unidade ou Centro de origem do coordenador para realização do evento. 0 a 3 1 4. Resultados: Resultados esperados. 0 a 3 2 5. Cronograma Viabilidade do cronograma de execução 0 a 3 1 6. Periodicidade do evento: A proposta deve demonstrar que o evento tem periodicidade e não trata de proposta esporádica ou quando se tratar da primeira edição, demonstrar que se pretende manter o evento com periodicidade. 0 a 3 1 7. Currículo: Qualificação e experiência do coordenador/equipe na temática do evento 0 a 3 1 Na atribuição de cada conceito será considerada a seguinte escala de valoração: Quadro de conceitos a serem atribuídos às propostas CONCEITO DESCRIÇÃO 0 Não tem informações na proposta apresentada 1 Atende superficialmente, com informações vagas nas justificativas 2 Atende parcialmente, com detalhamento dos itens contemplados 3 Atende completamente, com detalhamento completo de todos os itens. 7.5. As propostas serão classificadas de acordo com a média ponderada dos quesitos atribuídos por cada consultor ad hoc. 7.6. Em caso de empate na pontuação provisória e final será considerada a maior pontuação obtida nos seguintes quesitos, obedecida a ordem de prioridade estabelecida: a. Relevância do evento; b. Contribuição; c. Adequação da infraestrutura; d. Resultados; e. Periodicidade do evento; f. Currículo do coordenador. 7.7. Os coordenadores de eventos aprovados, após ampla divulgação, deverão selecionar os estudantes aos quais serão destinadas as bolsas, observando os seguintes requisitos: a. Estar regularmente matriculados em cursos de graduação da UFRJ, no ano letivo em curso; b. Ter disponibilidade de horário para execução das atividades propostas; c. Não ter sido anteriormente excluídos de nenhum Programa Institucional de Bolsas, devido a desempenho insatisfatório. 7.8. Os coordenadores deverão enviar na data estabelecida pela Divisão de Cultura e Divulgação Científica, a frequência dos bolsistas selecionados, com os respectivos dados bancários, números de DRE e CPF. 8. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS E PEDIDOS DE INTERPOSIÇÃO DE RECURSOS 8.1. Será desclassificada do resultado provisório a proposta que: a. Não atender ao quesito 1 da tabela de pontuação; b. Não atingir o mínimo de 50% (cinquenta por cento) do total de pontos possíveis, de acordo com a tabela de pontuação. 8.2. O julgamento e a classificação provisória e final são atos exclusivos da Comissão de Avaliação que, em conseqüência, reserva-se o direito de desclassificar as propostas em desacordo com este edital ou ainda, que se revelarem manifestamente inexeqüíveis. 8.3. Durante o processo de análise, a Comissão de Avaliação poderá recomendar adequações às propostas. 8.4. Os resultados (preliminar e final) do julgamento das solicitações de bolsas serão divulgados na página da PR-5 (http://www.pr5.ufrj.br). 8.5. Será admitido recurso contra o resultado provisório, que deverá vir assinado pelo coordenador da proposta. a. O recurso após assinado deverá ser escaneado – em formato PDF – e anexado à mensagem eletrônica. b. O recurso deverá ser remetido para o endereço eletrônico cultura@pr5.ufrj.br; com o seguinte título para o campo assunto: RECURSO CONTRA O RESULTADO PROVISÓRIO DO EDITAL PIBEV 2014. c. Os recursos devem ser enviados até às 23 horas e 59 minutos, horário de Brasília, da data limite da interposição de recursos (item 10). 8.6. A decisão dos recursos será dada a conhecer, coletivamente, por meio de divulgação do resultado final a ser publicado na página da PR-5. 8.7. A PR-5 não se responsabiliza por recursos não recebidos em decorrência de eventuais problemas técnicos e congestionamento nas linhas de comunicação nem por documentos corrompidos. 8.8. Durante o processo de análise dos recursos, a Comissão de Avaliação poderá recomendar adequações nas propostas. 9. DISPOSIÇÕES FINAIS 9.1. A solicitação de bolsas e posterior indicação do bolsista implicarão a aceitação, pelo orientador/coordenador e pelo estudante, das normas contidas neste Edital. 9.2. Situações não previstas neste Edital serão tratadas pela Comissão de Avaliação do PIBEV. 9.3. A Pró-Reitoria de Extensão se reserva o direito de reconsiderar o número de bolsas PIBEV durante a execução dos projetos, tendo como base a análise decorrente do acompanhamento técnico dos mesmos, devendo os coordenadores ser avisados com antecedência mínima de 30 dias. 9.4. Informações adicionais sobre o PIBEV poderão ser obtidas na Divisão de Cultura e Divulgação Científica da Pró-Reitoria de Extensão – PR-5 - Prédio da Reitoria – Sala 815 – Campus Fundão, através do endereço eletrônico: cultura@pr5.ufrj.br; pelos telefones: 2598-9691 / 2598-9698 e também pela web site http://www.pr5.ufrj.br. 9.5. Todos os eventos aprovados neste Edital deverão apresentar Relatório de Resultados do Evento até 30 (trinta) dias após a realização do mesmo. 10. CRONOGRAMA 10.1. Eventos de 01/03/2014 a 30/06/2014 - 1º ETAPA ATIVIDADE PERÍODO Lançamento do Edital 13/12/2013 Submissão de Proposta pelo SIGPROJ 13/12/2013 a 26/01/2014 Distribuição das Propostas para os consultores ad hoc 27/01/2014 Avaliação das Propostas pelos consultores ad hoc 27/01 a 05/02/2014 Sistematização das avaliações pela Comissão de Avaliação 06/02/2014 Divulgação do resultado provisório 07/02/2014 Interposição de recursos 07 a 12/02/2014 Avaliação dos recursos 13/02/2014 Divulgação do resultado final 14/02/2014 10.2. Eventos de 01/08/2014 a 31/11/2014 - 2º ETAPA ATIVIDADE PERÍODO Submissão de Proposta pelo SIGPROJ 28/04/2013 a 22/05/2014 Distribuição das Propostas para os consultores ad hoc 23 /05/2014 Avaliação das Propostas pelos consultores ad hoc 23 e 30/05/2014 Sistematização das avaliações pela Comissão de Avaliação 02 e 03/06/2014 Divulgação do resultado provisório 04/06/2014 Interposição de recursos 04 a 08/06/2014 Avaliação dos recursos 09/06/2014 Divulgação do resultado final 10/06/2014 Rio de Janeiro, 13 de dezembro de 2013. Pablo Cesar Benetti Pró-Reitor de Extensão