UFT - Universidade Federal do Tocantins

Extensionistas PADU (TESTE) - Seleção de Extensionistas PADU

A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS – UFT, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas entre os dias 07 de maio de 2013 e 22 de maio de 2013 as inscrições para selecionar candidatos a extensionistas para atuar no PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO ÀUNIVERSIDADE E ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO – PADU, nos termos do Decreto Nº 7.416, de 30 de dezembro de 2010 e Resolução Consuni 016/2010 de 22 de setembro de 2010. O presente edital visa selecionar estudantes de cursos de graduação para o desenvolvimento de atividades de cunho acadêmico e social, que promovam sua formação integral, na perspectiva de indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão, inseridos nas perspectivas estratégicas do programa PADU. Trata-se de ação de extensão que estimula o desempenho acadêmico dos envolvidos, seu envolvimento social e apropriação de experiências, contribuindo diretamente às potencialidades de sua formação profissional, bem como no reforço da missão institucional da Universidade nas demandas da sociedade tocantinense.



 

 

 

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA EXTENSIONISTA DO PADU 2013

EDITAL Nº. 01 de 07/05/2013

 

A PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS – UFT, no uso de suas atribuições, torna público que estarão abertas entre os dias 07 de maio de 2013 e 22 de maio de 2013 as inscrições para selecionar candidatos a extensionistas para atuar no PROGRAMA DE ACESSO DEMOCRÁTICO ÀUNIVERSIDADE E ACOMPANHAMENTO PEDAGÓGICO – PADU, nos termos do Decreto Nº 7.416, de 30 de dezembro de 2010 e Resolução Consuni 016/2010 de 22 de setembro de 2010.

O presente edital visa selecionar estudantes de cursos de graduação para o desenvolvimento de atividades de cunho acadêmico e social, que promovam sua formação integral, na perspectiva de indissociabilidade do ensino, da pesquisa e da extensão, inseridos nas perspectivas estratégicas do programa PADU. Trata-se de ação de extensão que estimula o desempenho acadêmico dos envolvidos, seu envolvimento social e apropriação de experiências, contribuindo diretamente às potencialidades de sua formação profissional, bem como no reforço da missão institucional da Universidade nas demandas da sociedade tocantinense.

1. DO OBJETIVO

Abrir inscrição de candidatos à seleção de extensionistas para participação no Programa de Acesso Democrático à Universidade nos pólos de Palmas, Porto Nacional e Arraias, que desenvolverão, mediante orientação de coordenador, atividades pedagógicas e técnico-administrativas.

2. DAS INSCRIÇÕES

2.1 A submissão das inscrições estarão disponíveis entre as 09h00min do dia 26 de abril e as 23h59min do dia 10 de maio de 2013, horário de Brasília.

2.2 As inscrições deverão ser submetidas após o preenchimento dos campos no formulário eletrônico disponível em www.uft.edu.br/padu ou pelo link http://tiny.cc/a27ovw.

2.3 Os documentos anexos deverão ser preenchidos, digitalizados e anexados, conforme as orientações do próprio formulário eletrônico.

2.4 A confirmação de recebimento da inscrição ocorrerá em até 24 horas após a submissão, pelo e-mail cadastrado.

2.5 As informações prestadas na solicitação de inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, sendo excluído da seleção pública aquele que não preencher o formulário de forma completa, coerente com a documentação ou que forneça dados comprovadamente inverídicos.

2.6 Não serão aceitas as solicitações de inscrição que não atenderem rigorosamente ao estabelecido neste edital.

3. DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO

3.1. Possuir vínculo ativo em cursos de graduação de instituições de ensino superior regularmente cadastradas e reconhecidas no Ministério da Educação;

3.2 Não ser bolsista de qualquer outro programa;

3.3 Apresentar coeficiente de rendimento escolar maior ou igual a 5,0 (cinco). Caso a IES não disponha desse cálculo, o candidato deverá providenciar documento autenticado pela instituição que ateste que a média global de todas as disciplinas vencidas é superior a 5,0 (cinco) pontos;

3.4 Ter disponibilidade de horários compatíveis para dedicar vinte horas semanais às atividades do PADU, nos respectivos pólos de vínculo;

3.5 Não ter vínculo empregatício.

4. DOCUMENTAÇÃO

4.1. A documentação deverá ser apresentada digitalizada no formulário de inscrição:

4.1.1 Formulário de Inscrição devidamente preenchido e submetido pelo candidato

4.1.2 Declaração ou comprovante de matrícula (mais recente);

4.1.2 Histórico escolar (do semestre) contendo coeficiente de rendimento escolar ou documento que ateste o vínculo com a IES e média da pontuação em disciplinas vencidas/cursadas (com status de aprovação ou reprovação);

4.1.3 Currículo lattes atualizado e devidamente comprovado (anexar comprovante de engajamento em atividades de ensino, pesquisa e extensão)

4.1.4 Declaração prévia de disponibilidade de carga horária da bolsa pleiteada, ausência de vínculo empregatício e não recebimento de outro tipo de bolsa remunerada.

4.1.5. Texto escrito/Justificativa do interesse em participar do programa

4.1.6 Plano de atividade docente (previsão de 45 minutos, conforme anexo D), de acordo com a área escolhida, a saber:

a) Linguagens, códigos e suas tecnologias;

b) Matemática e suas tecnologias;

c) Ciências Humanas e suas tecnologias;

d) Ciências da Natureza e suas tecnologias;

e) Redação;

f) Atividades de sistematização de informações, de caráter administrativo e gestão educacional, operacionalização de mecanismos de comunicação;

g) Suporte e desenvolvimento de soluções tecnológicas para as demandas educacionais do programa (somente para Reitoria);

5. DA SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO

5.1 A seleção constará de:

§Análise da documentação - Avaliação e pontuação da documentação

§Entrevista – tempo de 15 minutos, avaliará a disponibilidade do candidato em relação aos horários das disciplinas e orientação de alunos, aptidão para o desenvolvimento de atividades,comunicação e conhecimento

 

 

Critérios para a Seleção

 

Pontuação por item apresentado

 

Análise

Documental

 

a) Avaliação do coeficiente de rendimento escolar

Será atribuído de 0 a 1 ponto

 

b) Avaliação do currículo

Será atribuído de 0 a 1 ponto

 

c) avaliação do texto escrito - anexo “C”/plano de atividades

Será atribuído de 0 a 2 ponto

 

Entrevista

 

d) engajamento em atividades de ensino, pesquisa e extensão

Será atribuído de 0 a 2 pontos

 

e) capacidade de comunicação e domínio de conhecimento da área

Será atribuído de 0 a 2 pontos

 

f) experiência como voluntário ou extensionista no Programa PADU

Será atribuído de 0 a 2 pontos

 

Pontuação máxima

10

 

 

5.2 O processo de seleção e classificação do aluno bolsista será efetuado por uma comissão composta por: um servidor formado em curso de Pedagogia ou Licenciatura, Coordenador do PADU/Centro e Professor (acadêmico bolsista), em atividade e de área afim, do Programa de Acesso Democrático à Universidade.

5.3 A nota final será dada pelo somatório das pontuações obtidas na análise documental e entrevista.

5.4 Será eliminado o candidato que:

a) Não apresentar a documentação listada no item 6

b) Obtiver nota inferior a 2,0 (dois) pontos na Entrevista

5.5. Em caso de empate na nota final, terá preferência o candidato de idade mais elevada, de

acordo com o Parágrafo Único do art. 27 da Lei nº 10.741/03 (Estatuto do Idoso)

5.6. Persistindo o empate, terá preferência o candidato que obtiver:

a) possuir experiência como voluntário no programa

b) maior nota no texto escrito/plano de aula

c) maior nota na entrevista

d) maior nota na avaliação do currículo

e) maior nota no coeficiente de rendimento

5.7 Após a primeira chamada poderá ocorrer reclassificação. Os suplentes figurarão listagem suplementar e poderão ser convidados a atividade de docência, como voluntários.

 

6. DOS ANEXOS DO EDITAL

6.1. Formulário de inscrição (Anexo A)

6.2. Declaração de disponibilidade de carga horária da bolsa pleiteada, declaração de não apresentação de vínculo empregatício e não recebimento de outro tipo de bolsa remunerada. (AnexoB)

6.3 Texto escrito/Justificativa do interesse em participar do curso preparatório (Anexo C)

6.4 Plano de atividade da área conforme (Anexo D)

6.5 Quadro do número de vaga do projeto (Anexo E)

 

7.DA VINCULAÇÃO/ADESÃO AO PROJETO

7.1.O bolsista selecionado para desenvolver atividades junto ao Programa de Acesso Democrático à Universidade, não terá qualquer vinculo empregatício de natureza trabalhista,previdenciária ou afim

7.2 O período de vigência da bolsa é de 8 meses, no valor de R$400,00, (Quatrocentos Reais) mensais

7.3 Serão disponibilizadas:

Câmpus

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Matemática e suas tecnologias

Ciências Humanas e suas Tecnologias

Ciências da Natureza e suas tecnologias

Redação

Apoio Administrativo

Câmpus de Palmas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

1 (uma) vaga

1 (uma) vaga

Câmpus de Porto Nacional

2(duas) vagas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

1 (uma) vaga

1 (uma) vaga

Câmpus de Arraias

2(duas) vagas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

2 (duas) vagas

1 (uma) vaga

1 (uma) vaga

Coordenação do Programa

-

-

-

-

-

2 (duas) vagas

Totais de bolsas (por áreas)

6 (seis) vagas

6 (seis) vagas

6 (seis) vagas

6 (seis) vagas

3 (três) vagas

5 (cinco) vagas

 

7.4 No caso de desligamento de bolsistas, os candidatos suplentes serão convidados a nova entrevista para ocupação das vagas. Os suplentes serão comunicados pelo e-mail institucional da possibilidade de preenchimento de vagas, para manifestar.

7.4.1 No caso de não manifestação, permanecerá inalterada a ordem e pontuação no corrente processo seletivo.

7.5 Será considerada a possibilidade dos suplentes classificados atuarem como extensionistas voluntários, após convite formal da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, assinatura do termo de compromisso do voluntariado.

7.5.1 Para o extensionista voluntário, não há previsão de pagamento de bolsas. Será certificado de acordo com o plano de trabalho.

7.5.1 No caso de bolsas residuais, será respeitada a ordem de extensionistas voluntários e, em seguida, dos classificados que não optaram por essa modalidade de participação.

 

8. DA CIÊNCIA E ACEITAÇÃO DAS NORMAS DO PROJETO

8.1 Ao efetuar sua inscrição, o candidato aceita, irrestritamente, as normas estabelecidas neste edital, para realização do processo seletivo

8.2 Para as inscrições não homologadas em função da ausência da documentação exigida ou pelo

não cumprimento deste Edital, não caberá recurso.

. DA DIVULGAÇÃO9. DA DIVULGAÇÃ

09. DA DIVULGAÇÃO

9.1 O edital será disponibilizado no site da UFT, endereço http://www.site.uft.edu.br/, e do PADU http://uft.edu.br/padu/, e por outros meios de comunicação

9.2 A homologação da inscrição e o resultado final serão publicados no dia4 de abrilrespectivamente no site da UFT, no endereço http://www.site.uft.edu.br/e site do PADU (http://uft.edu.br/padu/).

9.3 Após a divulgação do resultado o candidato aprovado assinará o Termo de Compromisso na Diretoria de Projetos (Proex)

 

10. DAS OBRIGAÇÕES E DESENVOLVIMENTO DAS AIVIDADES DOS BOLSISTAS

10.1 São obrigações do bolsista:

§Zelar pela qualidade acadêmica do curso preparatório

§Participar de todas as atividades programadas pelo coordenador do Programa de Acesso Democrático à Universidade - Palmas

§Manter o bom rendimento no curso de graduação

§Publicar ou apresentar em evento de natureza extensionista, individualmente ou em grupo

as experiências do projeto

§Cumprir as exigências estabelecidas no Termo de Compromisso e demais normas

§Executar o plano de aula/trabalho aprovado sob supervisão do coordenador do PADU/orientador

§Apresentar semestralmente os relatórios para que os mesmos repassem à coordenação geral

§Registrar diariamente o relatório de acompanhamento das atividades e submeter.

§Devolver a PROAP em valores atualidades as bolsas recebidas indevidamente caso os requisitos e compromissos estabelecidos não tenham sido cumpridos

10.2 As atividades do bolsista ocorrerá no período noturno e aos finais de semana matutinos e vespertinos

10.3 O bolsista que não cumprir as atividades previstas no seu Plano de aula/trabalho ou se ausentar por três dias consecutivos sem justificativa, estará sujeito ao desligamento da ação extensionista,com perda da bolsa

 

11. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

11.1 Os casos omissos serão resolvidos pela Coordenação Geral do Programa.

11.2 O prazo de validade da seleção será de um ano, contado a partir da homologação da divulgação do resultado, podendo ser prorrogado por igual período.

11.3 A UFT poderá cancelar ou suspender a bolsa a qualquer momento no interesse da instituição ou caso se verifique o não cumprimento das normas estabelecidas.

12. CRONOGRAMA

DATA DATA

ATIVIDADE

 

07 a 22 de maio

Período de inscrições.

 

24 de maio

Homologação das inscrições e divulgação do local, data e horário de realização das Entrevistas

 

27-29 de maio

Entrevistas e Avaliação da documentação

03 de junho

Homologação e divulgação do Resultado

04 a 06 de junho

Preenchimento do Termo de Compromisso do Estudante Selecionado e Início das Atividades

 

 

13. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

E-mail: prevestibular@uft.edu.br

Telefones: 3232-8212/3232-8064;

Palmas, 07 de maio de 2013.

 

 

 

Elson Santos Silva Carvalho

Diretor de Projetos

 

George França

Pró-reitor de Extensão e Cultura