UFPE - Universidade Federal de Pernambuco

2013-09-PROEXT-PUBLICAÇÃO DE CAPÍTULO DE LIVROS - 2013-09-PROEXT- Edital PARA PUBLICAÇÃO DE CAPITULOS DE LIVROS

Este edital não possui texto de chamada.



A Universidade Federal de Pernambuco, por meio da Pró-Reitoria de ExtensãoPROEXT torna público o presente Edital 09/2013 de Apoio à Publicação Capítulos de Livros conforme abaixo discriminado.

 

1. NATUREZA

Apoio à publicação de resultados de ações extensionistas, de pesquisas com natureza de intervenção social (pesquisa ação), e de textos que tratem dos temas ligados à extensão, voltados ao público em geral, na forma de coleções temáticas, de acordo com as áreas temáticas da Extensão.

 

2. OBJETO

Apoiar com design e organização dos capítulos aprovados na forma de coleções temáticas.

 

3.  RECURSOS

a.    As propostas aprovadas serão financiadas com recursos do orçamento da UFPE;

b.    Os capítulos aprovados serão organizados de acordo com as 8 (oito) áreas temáticas da

     Extensão, nomeadas no item 5.1, perfazendo uma coleção de 4 (quatro) ou 8 (oito)

     volumes temáticos, a depender da demanda;

c.    Cada volume temático conterá até 10 (dez) capítulos;

d.    Os volumes serão organizados no formato de livro eletrônico, sendo também registrados

     na Biblioteca Nacional com ISBN;

e.    Os volumes organizados poderão ser impressos com recursos repassados à Editora

    Universitária da UFPE, a depender da disponibilidade financeira.

 

4.  PROPOSTA

 4.1.  A proposta deve ser apresentada por servidores docentes ou técnicos administrativos efetivos da UFPE, ou discentes de pós-graduação ou da graduação, no caso de discente da graduação e da pós-graduação com comprovada participação em projetos de extensão;

 a)  Cada proponente poderá submeter até 3 (três) propostas a este edital.

 

 4.2.  As propostas devem ser inscritas via Internet pelo sistema SIGPROJ, disponibilizado pelo endereço eletrônico http://sigproj1.mec.gov.br, mediante o qual o proponente, inicialmente, precisará fazer seu cadastro.

  4.3.  Efetuada a inscrição da proposta online, o proponente receberá um recibo eletrônico de protocolo.

4.4.  serão aceitas propostas enviadas por meio do SIGPROJ, dentro do prazo estabelecido neste edital.

 4.5.  A PROEXT não se responsabilizará por propostas que não forem recebidas em decorrência de eventuais problemas técnicos.

 

 4.6.  A proposta deve conter a indicação da área temática da extensão em que se enquadra o capítulo, o título do capítulo, o nome do/dos autor/autores, o tipo de vínculo e a vinculação institucional, endereço eletrônico e telefone para contato.

  4.7.  A proposta deverá conter o texto do capítulo em formato digital, inserido como arquivo anexo no SIGPROJ.

 4.8.  A proposta deverá conter também o o termo de entrega e de compromisso do autor com a UFPE, inserido como arquivo anexo no SIGPROJ.

 4.9.  A proposta deve ser de autoria individual ou coletiva, sendo que o principal autor deve ter vínculo com a UFPE.

 4.10.  A proposta deve ainda ser resultado de suas atividades de extensão em articulação com o ensino e a pesquisa, desenvolvidas na UFPE ou em cooperação com outras universidades ou instituições públicas.

 4.11.  A participação de pós-graduados dar-se-á pela proposta de publicação do texto extraído de sua dissertação ou tese, fruto de atividade de extensão ou de pesquisa ação, defendida e aprovada em um dos programas de pós-graduação da UFPE, acompanhada da ata de defesa e devidamente reformatada para o padrão do capítulo.

  4.12.  As obras enviadas pelos participantes deverão, obrigatoriamente, ser inéditas e adequadas ao edital, não possuindo conteúdos que:

a)Contenham dados ou informação que constituem ou possam constituir crime (ou contravenção penal) ou que possam ser entendidos como incitação à prática de crimes (ou contravenção penal);

 b)  Constituam ofensa à liberdade de crença e às religiões;

 c)  Contenham dados ou informações racistas ou discriminatórias;

 d)  Violem qualquer lei;

 e)  Sejam antiéticas;

 f)   Tenham sido produzidas por terceiros.

 

5. INSCRIÇÃO

 5.1.  A presente chamada contemplará a publicação de livros nas seguintes áreas temáticas,     detalhadas no Anexo I:

 a)      Comunicação;

 b)      Cultura;

 c)       Direitos Humanos;

 d)      Educação;

 e)      Meio Ambiente;

 f)        Saúde;

 g)       Tecnologia;

 h)      Trabalho.

 5.2.  Caso o capítulo proposto tenha imagens cujo direito autoral não pertença ao autor, é

de sua responsabilidade providenciar e enviar as devidas autorizações, por escrito, para a PROEXT/UFPE, quando da entrega da proposta de publicação. Tais imagens devem seguir os seguintes parâmetros:

 a)  resolução mínima300 dpi;

 b)  dimensão mínima5x5 cm;

 c)  precisam estar em EPS, JPG, PNG ou TIFF;

 d)  devem estar em arquivos separados do corpo do texto.

 

 5.3.     O arquivo que acompanhará a proposta de publicação deverá estar em formato LaTeX (preferencialmente) ou em formato DOC (MS Word, alternativamente), tamanho A4,fonte TimesNew Roman tamanho 12, espaçamento 1,5 linhas, margens (superior 2,0 cm, inferior 2,5, esquerda 3,5, direita 2,5 cm) e normalizado,  preferencialmente, de acordo com as normas da ABNT.

 

6. CRITÉRIO DE SELEÇÃO

 6.1.  A seleção de propostas obedecerá aos seguintes critérios:

 

 a)   Trabalhos contemplados nas áreas temáticas constantes no item 5 deste edital;

 b)   Trabalhos que reflitam o compromisso social da universidade pública;

 c)   Trabalhos que possuam mérito técnico-científico, de apoio às atividades de ensino-

       aprendizagem ou cultural, atribuído pelo Conselho Científico ad hoc convidados pela PROEXT/UFPE, considerando:

- Relevância do tema;

-Qualidade acadêmica do tema;

- Conformidade com a última reforma ortográfica da língua portuguesa;

- Clareza e objetividade;

- Rigor científico.

 d)   Trabalhos que possuam até 20 páginas.

 

7. ANÁLISE E JULGAMENTO

 7.1.  A seleção das propostas obedecerá às seguintes etapas:

 a)   Análise de enquadramento: consistirá na análise preliminar das propostas pela Comissão Organizadora Editorial da PROEXT/UFPE, avaliando-se o enquadramento ou não das mesmas às exigências deste Edital;

 b)   Análise de mérito: julgamento das propostas pelos membros do Conselho Científico ad hoc, com base nos critérios de seleção deste edital, para emissão de parecer a ser homologado pela Câmara de Extensão;

        c)   Somente após análise da proposta e da avaliação do Conselho Científico e da Câmara
              
de Extensão, o capítulo de livro (de autor individual e/ou coletivo) será considerado
              
aprovado ou não para publicação, não cabendo recurso à decisão.

 

 

8. CALENDÁRIO

 

Itens

Data

Lançamento do Edital

01 de dezembro de 2012

Entrega das propostas

Até 20 de maio de 2013

Divulgação dos resultados

a partir de 31 de junho de 2013

 

 

9. CLÁUSULA DE RESERVA

Os casos omissos serão resolvidos pela Câmara de Extensão.

 

 

 

Recife, 01 de dezembro de 2012.

 

 Edilson Fernandes de Souza

Pró-Reitor de Extensão

 

 

Anexo I – Detalhamento das Áreas Temáticas da Extensão

 

Comunicação

Comunicação social; mídia comunitária; comunicação escrita e eletrônica; produção e difusão de material educativo; televisão universitária; rádio universitária; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores de políticas públicas de comunicação social; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área.

Cultura

Desenvolvimento de cultura; cultura, memória e patrimônio; cultura e memória social; cultura e sociedade; folclore, artesanato e tradições culturais; produção cultural e artística nas áreas de artes plásticas e artes gráficas; produção cultural e artística na área de fotografia, cinema e vídeo; produção cultural e artística na área de música e dança; produção teatral e circense; rádio universitária; capacitação de gestores de políticas públicas do setor cultural; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área; cultura e memória social.

Direitos Humanos

Assistência jurídica; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores de políticas públicas de direitos humanos; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área; direitos de grupos sociais; organizações populares; questão agrária.

Educação

Educação básica; educação e cidadania; educação à distância; educação continuada; educação de jovens e adultos; educação especial; educação infantil; ensino fundamental; ensino médio; incentivo à leitura; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores de políticas públicas de educação; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área.

Meio Ambiente

Preservação e sustentabilidade do meio ambiente; meio ambiente e desenvolvimento sustentável; desenvolvimento regional sustentável; aspectos de meio ambiente e sustentabilidade do desenvolvimento urbano e do desenvolvimento rural; capacitação e qualificação de recursoe humanos e de gestores de políticas públicas de meio ambiente; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área; educação ambiental; gestão de recursos naturais; sistemas integrados para bacias regionais.

Saúde

Promoção à saúde e qualidade de vida; atenção a grupos de pessoas com necessidades especiais; atenção integral à mulher; atenção integral à criança; atenção integral à saúde de adultos; atenção integral à terceira idade; atenção integral ao adolescente e ao jovem; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores de políticas públicas de saúde; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área; desenvolvimento do sistema de saúde; saúde e segurança no trabalho; esporte, lazer e saúde; hospitais e clínicas universitárias; novas endemias e epidemias; saúde da família; uso e dependência de drogas.

Tecnologia

Transferência de tecnologias apropriadas; tecnologias sociais; empreendedorismo; empresas juniores; inovação tecnológica; polos tecnológicos; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores de políticas públicas de ciência e tecnologia; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área; direitos de propriedade e patentes.

Trabalho

Reforma agrária e trabalho rural; trabalho e inclusão social; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores de políticas públicas do trabalho; cooperação interinstitucional e cooperação internacional na área; educação profissional; sindicalismo; organizações populares para o trabalho; cooperativas populares; questão agrária; saúde e segurança no trabalho; trabalho infantil; condições dignas de trabalho; turismo e oportunidades de trabalho.