IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

EDITAL IFRS PROPI Nº 002/2011 – Probic/Fapergs - EDITAL IFRS PROPI Nº 002/2011 – Probic/Fapergs

Este edital não possui texto de chamada.



EDITAL PROPI Nº 002/2011 – PROBIC/FAPERGS

O Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), no uso de suas atribuições legais torna público que estão abertas as inscrições para submissão de Projetos candidatos às bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PROBIC – da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul – FAPERGS e convida os interessados a apresentarem proposta de projetos de pesquisa.

 

1 – OBJETIVO

1.1. O presente edital tem por objetivo selecionar e ranquear projetos de pesquisa realizados no IFRS, por alunos de curso de graduação e contemplá-los com bolsas de Iniciação Científica do Programa PROBIC – FAPERGS.

 

2 – INSCRIÇÕES E SELEÇÃO DOS PROJETOS

2.1 Cronograma:

Item

Evento

Data limite

1

Envio de projetos

13/05/2011

2

Homologação das inscrições

17/05/2011

3

Análise da Comissão Interna de Seleção e Avaliação

24/05/2011

3

Publicação preliminar dos resultados

25/05/2011

4

Pedidos de reconsideração

27/05/2011

5

Publicação do resultado final

31/05/2011

 

2.2. Endereço para envio:

As propostas devem ser protocoladas no sistema SUAP e enviadas via SEDEX, até a data limite do item 1 do cronograma (2.1), somente em versão impressa para o PROGRAMA PROBIC – FAPERGS – IFRS – Pró Reitoria de Pesquisa e Inovação- PROPI. Travessa Santo Antônio 179, Bairro: Cidade Alta – Bento Gonçalves /RS – CEP: 95700-000.

2.3.  Documentação necessária à seleção:

·         Formulário de proposta de projeto de pesquisa – Anexo I (versão 2011/1).

·         Formulário de Cadastro de Orientador e Bolsista da FAPERGS – Anexo II.

·         Cópia do CPF e RG do(s) bolsista(s) indicado(s).

·         Cópia do comprovante de matrícula em curso superior do IFRS.

2.4. A documentação e as informações prestadas pelo professor coordenador do projeto serão de responsabilidade do mesmo, sendo passível de exclusão do processo seletivo aquele que não apresentar a documentação de forma completa, correta e legível e/ou fornecer dados inverídicos.

2.5. Não serão aceitas inscrições fora do período estipulado.

2.6. Serão aceitas somente inscrições via correio – Sedex, devidamente protocoladas no sistema SUAP.

2.7. Em nenhuma hipótese será homologada a inscrição com documentação incompleta.

 

3 – DOS REQUISITOS, COMPROMISSOS E DIREITOS DO PROFESSOR COORDENADOR:

·           Ter titulação de doutor;

·           Pertencer ao quadro docente do IFRS, com regime de trabalho de dedicação exclusiva;

·           Pertencer a grupo de pesquisa cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq.

·           Submeter apenas 1(um) projeto de pesquisa no âmbito deste edital.

·           Indicar aluno de curso superior para ser bolsista com perfil e desempenho acadêmico compatíveis com as atividades previstas;

·           Assumir compromisso formal com as atividades do bolsista;

·           Incluir o nome do bolsista nas publicações e nos trabalhos apresentados em congressos e seminários, para cujos resultados houve a participação efetiva do mesmo;

·           Solicitar à Comissão Interna de Seleção e Avaliação (CISA) o cancelamento da bolsa do aluno que descumprir o plano de trabalho ou estabelecer vínculo empregatício durante a vigência da bolsa concedida pela FAPERGS;

·            Informar, imediatamente, à Comissão Interna de Seleção e Avaliação sobre qualquer alteração na relação e compromissos do bolsista com o desenvolvimento das atividades de seu plano de trabalho.

·         Cada pesquisador poderá receber sob sua orientação, no máximo, 02 (dois)           bolsistas, no âmbito deste Programa;

·       É vedado ao professor orientador repassar diretamente a outro pesquisador, a orientação de seu(s) bolsista(s). Em casos de eventual impedimento, o professor orientador deverá comunicar o fato à CISA, que deliberará acerca da continuidade da execução do projeto de pesquisa e a orientação do aluno por outro pesquisador, autorizando-a, desde que a substituição não cause prejuízos ao bolsista ou ao projeto de pesquisa, casos em que caberão os procedimentos de cancelamento da bolsa.

 

4 – DOS REQUISITOS E COMPROMISSOS DO BOLSISTA

·         Estar regularmente matriculado em curso de graduação oferecido pelo IFRS;

·         Demonstrar potencial interesse na carreira de pesquisador;

·         Demonstrar bom desempenho acadêmico;

·         Cumprir integralmente as atividades previstas no plano  de  trabalho  aprovado, relativas ao projeto de pesquisa;

·         Não ter vínculo empregatício de qualquer natureza, nem  receber  qualquer  outro tipo de bolsa;

·          Nas publicações e  trabalhos  apresentados,  fazer  referência  a  sua  condição  de bolsista da FAPERGS; e

·         Apresentar os resultados alcançados no desenvolvimento do plano de trabalho através de Relatório Técnico e sob a forma de painéis/pôsteres e exposições orais, por ocasião do Seminário de Iniciação Científica do IFRS.

 

5 – DA SELEÇÃO

5.1. As solicitações de bolsa através de projetos de pesquisa serão avaliadas pela Comissão Institucional de Seleção e Avaliação (CISA) formado por pesquisadores do IFRS.

5.2. O projeto deverá, obrigatoriamente, ser redigido fazendo uso do formulário específico do Anexo I;

5.3. A CISA fará a analise técnica e de relevância, classificando e ranqueando os projetos de pesquisa considerando os critérios e pontuação de acordo com o quadro a seguir:

 

Itens

Critérios

Pontuação

1

Resumo (Coerência e relevância)

15

2

Objetivo do Projeto

15

3

Metodologia para alcançar os objetivos

15

4

Resultados pretendidos

15

5

Revisão bibliográfica (nível de atualização)

15

6

Cronograma de atividades compatível com a execução do Projeto

15

7

Referências Bibliográficas

10

 

Total

100

 

5.4. O projeto será considerado aprovado, caso obtenha pelo menos 60% (sessenta por cento) da nota máxima, ou seja, deverá obter pelo menos 60 (sessenta) dos 100 (cem) pontos possíveis.

5.5. Em caso de empate entre dois ou mais projetos, terá preferência para efeito de desempate, o de autoria do professor orientador que:

a) obtiver maior nota na revisão bibliográfica (item 5 do quadro de pontuação);

b) for mais idoso, considerando o seu ano, mês e dia de nascimento.

5.6. Será desclassificado o projeto de pesquisa não aprovado.

5.7. Com vistas a uma maior lisura na avaliação dos projetos, o professor orientador deverá identificar-se somente nos campos solicitados.

 

6 – DO NÚMERO DE BOLSAS, DISTRIBUIÇÃO E VALORES

 6.1. O número de bolsas a ser distribuídas no âmbito deste edital será de 10 (dez).

6.2. Considerando-se a classificação final aludida no item 5.3, distribuir-se-ão as bolsas de forma que cada um dos professores orientadores com projeto de pesquisa aprovado receba 01 (uma) bolsa. Após feita essa distribuição, caso tenha sobrado bolsa(s), far-se-á a distribuição desta(s), observando-se a classificação final e a quantidade de bolsas solicitadas pelo professor pesquisador em seu projeto de pesquisa.

6.3. Os valores das bolsas de  Iniciação Científica estão disponíveis no site www.fapergs.rs.gov.br.

 

7 – DOS PEDIDOS DE RECONSIDERAÇÃO

7.1. O professor pesquisador que desejar pedir reconsideração deverá fazê-lo observando o prazo do item 2.1 deste edital.

7.2. Os pedidos de reconsideração à CISA deverão ser encaminhados para o email: propi@ifrs.edu.br.

7.3. Não serão apreciados pela CISA os pedidos de reconsideração intempestivos ou sem fundamentação.

7.4. A PROPI/IFRS não se responsabilizará por pedidos de reconsideração não recebidos via internet por motivos de ordem técnica, falhas de comunicação ou congestionamento de linhas de comunicação, cabendo ao professor coordenador se certificar com a PROPI/IFRS do recebimento do seu pedido de reconsideração.

 

8 – DO RESULTADO DO JULGAMENTO

8.1 – O resultado final das propostas apresentadas será também enviado à Direção Geral de cada campus, para que comunique aos professores coordenadores a aprovação de seus projetos, bem como, assegurar-lhes a alocação de carga horária para a execução das atividades de pesquisa.

 

9 – DO CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DOS PROJETOS

Itens

Evento

Data limite

1

Inicio da execução do projeto

01/08/2011

2

Metade do tempo de execução do Projeto

01/02/2012

3

Relatório técnico parcial (execução pelo(s) bolsista(s))

15/02/2012

4

Fim da execução do projeto

01/08/2012

5

Relatório final (responsabilidade do coordenador e bolsista(s))

15/08/2012

6

Apresentação no Seminário de Iniciação Científica

08/2012

 

10 – DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS À SELEÇÃO DOS BOLSISTAS PELO PROFESSOR COORDENADOR

10.1. Os professores coordenadores deverão solicitar e manter em arquivo os seguintes documentos aos alunos candidatos à bolsa:

a) Cópia do RG;

b) Cópia do CPF;

c) Histórico Escolar do estudante;

d) Comprovante de matrícula em curso superior; e

e) Dados bancários (nome completo, nº. da conta corrente Banco BANRISUL).

 

11 – DO ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS

11.1. O professor coordenador comprometer-se-á a acompanhar o desenvolvimento das atividades de pesquisa realizadas por seu(s) bolsista(s).

11.2. Os professores coordenadores e bolsistas comprometer-se-ão a enviar um relatório parcial ao final dos 6 (seis) primeiros meses de atividades e um relatório final ao término do período da bolsa à CISA.

11.3. Durante o Seminário de Iniciação Científica do IFRS os bolsistas deverão apresentar os resultados de suas pesquisas à CISA.

11.4. A avaliação final dos trabalhos realizados será feita com base nos relatórios apresentados e no Seminário de Iniciação Científica do IFRS.

 

12. DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS

12.1. O presente edital segue as orientações contidas no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da FAPERGS, constante no Anexo III.

12.2. As publicações científicas e qualquer outro meio de divulgação de trabalho de pesquisa, deverão citar o IFRS e a FAPERGS.

12.3. É de exclusiva responsabilidade de cada proponente adotar todas as providências que envolvam permissões e autorizações especiais, legais e necessárias para a execução do projeto.

12.4. Durante a fase de execução do projeto, toda e qualquer comunicação com a PROPI deverá ser feita por e-mail propi@ifrs.edu.br.

12.5. A PROPI reserva-se o direito de, durante a execução do projeto, promover visitas técnicas ou solicitar informações adicionais visando aperfeiçoar o sistema de avaliação e acompanhamento.

12.6. Em nenhum momento do processo seletivo poderá ser anexado documento adicional posterior aos documentos enviados no momento da inscrição.

12.7. A bolsa ficará automaticamente cancelada por solicitação do professor pesquisador, por desistência ou por desempenho não satisfatório do bolsista.

12.8. A submissão de projeto de pesquisa implica na ciência do professor coordenador de todas as normas e/ou documentos vinculados ao presente edital.

12.9. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Interna de Seleção e Avaliação (CISA) do IFRS.

 

 

Bento Gonçalves-RS, 27 de Maio de 2011.


________________________

Alan Carlos Bueno da Rocha

Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação do IFRS