UFPE - Universidade Federal de Pernambuco

2011-UFPE- PROEXT-2011-BEX INTERIORIZAÇÃO - 2011-BEX-INTERIORIZAÇÃO

A Pró-Reitoria de Extensão – PROEXT - torna público o Edital para Bolsas de Iniciação à Extensão – PIBEX 2011 e de apoio financeiro a Projetos de Extensão para o período 2011, a serem executados nos municípios localizados na Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado de Pernambuco. ATENÇÃO AMPLIADO ATÉ O DIA 28/02  




EDITAL PROEXT (02) 2011 – BEX INTERIORIZAÇÃO
 

A Pró-Reitoria de Extensão – PROEXT - torna público o Edital para Bolsas de Iniciação à Extensão – PIBEX 2011 e de apoio financeiro a Projetos de Extensão para o período 2011, a serem executados nos municípios localizados na Zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado de Pernambuco.

 

1. Objetivos

·          Apoiar projetos desenvolvidos em municípios da zona da Mata, Agreste e Sertão do Estado;

·          Fortalecer as ações de interiorização da extensão;

·          Apoiar projetos desenvolvidos no Programa UFPE & Políticas Públicas: Diálogos com os Municípios, em parceria com representações do poder local dos Municípios, em ações de complementaridade a programas integrantes de políticas públicas locais, regionais e/ou nacionais;

·          Apoiar ações que contribuam para a inclusão sócio-produtiva com vistas ao desenvolvimento local e/ou regional;

·          Apoiar projetos que contribuam para a municipalização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

 
 

2.   Áreas Programáticas e Temas 

O projeto deverá contemplar uma das áreas programáticas propostas pela PROEXT nas temáticas previstas no Plano Nacional de Extensão - PNE, conforme quadro a seguir:

 

Áreas programáticas propostas

pela PROEXT/UFPE

Áreas temáticas previstas no Plano Nacional de Extensão - PNE

UFPE & Políticas Públicas

Saúde, educação, meio ambiente, direitos humanos e justiça, trabalho, comunicação; ciência e tecnologia; desenvolvimento local/regional; inclusão sócio-produtiva; atenção a grupos vulneráveis (Idosos, portadores de necessidades especiais, negros, índios, crianças e adolescentes em situação de risco, mulheres).

UFPE & Movimentos Sociais

 

Capacitação e qualificação de recursos humanos e de lideranças de movimentos sociais; produção e difusão de material educativo; tecnologias sociais e economia solidária.

UFPE & Educação Inclusiva e Formação Permanente

 

Formação continuada de professores da rede pública de ensino fundamental e médio; formação e/ou qualificação de jovens, lideranças, gestores e/ou trabalhadores para o mundo do trabalho; capacitação e qualificação de recursos humanos e de gestores públicos; difusão e divulgação das ciências; educação à distância.

Interação UFPE | Empresas

Empreendedorismo; empresas juniores; inovação tecnológica; pólos tecnológicos; tecnologia e produção; desenvolvimento de produtos.

UFPE & Políticas Culturais

 

Desenvolvimento de cultura; difusão e preservação cultural – memórias/patrimônios e acervos; cultura de paz; apoio aos pontos de cultura instalados no Estado.

 
 
3. Diretrizes Gerais

O Projeto proposto deverá atender às seguintes condições:     

3.1.     Ser apresentado por professor ou técnico de nível superior, vinculado ao quadro ativo permanenteda UFPE; ou por docentes ou técnicos administrativos de nível superior aposentados, regidos pela resolução 03/2007.

3.2.     Ser aprovado pelo Órgão Colegiado do Departamento ou pela Direção, em caso de Núcleo ou Órgão Suplementar;

3.3.     Ter apresentado os relatórios parcial e final das atividades desenvolvidas em 2009/2010, em casos de pedidos de renovação;

3.4.     Cada coordenador poderá submeter apenas 01 (um) projeto,e optar pelo EDITAL PROEXT (01) 2011 – BEX GRANDE RECIFE ou EDITAL PROEXT (02) 2011 – BEX INTERIORIZAÇÃO,com solicitação de bolsa e/ou recursos.

 
 

4.      Inscrição das Propostas

4.1.      As propostas deverão ser elaboradas via Internet pelo SIGPROJ - disponibilizado no endereço eletrônico http://sigproj.mec.gov.br/;

4.2.      Os proponentes devem observar, rigorosamente, o envio das propostas a PROEXT, exclusivamente, pelo SIGPROJ;

4.3.      Todas as propostas deverão ser analisadas e aprovadas, nas instâncias previstas pela UFPE, no caso, Departamentos ou Núcleos e Coordenações Setoriais de Extensão, antes do seu envio à Pró-Reitoria de Extensão;

4.4.      A ata da aprovação interna da proposta, em formato PDF, deverá ser anexada e enviada via SIGPROJ, juntamente com a proposta;

4.5.      Em caso de propostas submetidas à renovação o relatório final do período 2009/2010 também deverá ser anexado, em formato PDF;

4.6.      As propostas devem ser transmitidas pelo SIGPROJ ao MEC até as 23 horas e 59 minutos, horário de Brasília, da data limite de submissão de propostas;

4.7.      O responsável pelo envio receberá, imediatamente após o envio, um recibo eletrônico de protocolo da sua proposta enviada;

4.8.      Não serão aceitas propostas enviadas por qualquer outro meio, tampouco após o prazo final definido no item 14, deste edital;

4.9.      A PROEXT não se responsabilizará por propostas não recebidas em decorrência de eventuais problemas técnicos e congestionamento das linhas de comunicação.

Serão desclassificadas todas as propostas de instituições que não cumprirem esta condição.

 

5. Dos limites do financiamento e itens financiáveis

O presente Edital prevê a concessão de bolsas e a aplicação de recursos financeiros, considerando-se os seguintes critérios de distribuição:

5.1.     Contemplar, por ordem de classificação, propostas enquadradas nas áreas programáticas da PROEXT, respeitado o limite máximo de R$ 6.000,00 (seis mil reais)e até duas (02) bolsas por projeto;

5.2.     Serão financiáveis os elementos de despesa, desde que os mesmos estejam comprovados e estritamente vinculados à execução das atividades e sustentados nas definições metodológicas da proposta, conforme tabela  01 deste edital;

5.3.   Há possibilidade, durante o processo de análise, de ocorrer solicitações de ajustes no plano de aplicação de recursos;            

5.4.     A PROEXT executará os recursos destinados às atividades aprovadas, mediante plano de aplicação  (item 9) deste edital.

5.5       Os recursos destinados aos projetos deverão cumprir o cronograma de desembolso aprovado, observando-se o prazo limite de aplicação, até NOVEMBRO de 2011.

 

6. Dos Critérios de Análise e Julgamento das Propostas

 

6.1. Caberá à PROEXT e à Câmara de Extensão, a análise e o julgamento das propostas, obedecendo às seguintes etapas:

·          Análise Técnica: etapa preliminar e eliminatória, realizada pela equipe técnica da PROEXT, a qual procederá à análise formal das propostas em consonância às exigências definidas no presente edital;

·          Análise de Mérito: será realizada por consultores ad hoc cadastrados na PROEXT e pela Câmara de Extensão.

 6.2. Os projetos serão selecionados, por ordem de classificação, considerando a clareza e a coerência da proposta de atividade, com base nos seguintes critérios/pontuação:

 
 Critérios de Análise e Julgamento
Critérios
Pontuação Máxima
1. Relevância Acadêmica

Articulação das atividades de extensão propostas com o ensino e/ou com a pesquisa, explicitando os impactos técnico-científico, pessoal e social na formação dos alunos, sistematização e comunicação dos trabalhos a serem produzidos (relatórios, recursos didáticos, artigos e outros).

 
3,0
 

2. Interdisciplinaridade e transdisciplinaridadeda proposta

Proposta integradora, com envolvimento de, no mínimo, 02 áreas do conhecimento, caracterizada pela interação de modelos e conceitos, com consistência teórica, metodológica e operacional, envolvendo professores, técnicos e alunos de 02 ou mais cursos/departamentos/órgãos suplementares.

 
 2,0
 

3. Alcance Social da Proposta

Compromisso com ações voltadas para a superação das desigualdades sociais e/ou melhoria da qualidade de vida de segmentos em situação de vulnerabilidade social; A explicitação do alcance social da proposta está representada neste item com a especificação do público direto e indireto a ser beneficiado pelo projeto.

2,0
 

4. Articulação e envolvimento de outros parceiros

Projeto envolvendo outros segmentos da sociedade (órgãos governamentais, sociedade civil, movimentos sociais, instituições de ensino, empresas privadas) e/ou Órgãos Suplementares da UFPE, com ou sem contrapartida financeira externa (recursos de convênios, editais, parcerias) e/ou outros apoios. 

1,5
 
5. Viabilidade do projeto

Coerência e adequação da proposta quanto à problemática, aos objetivos, metodologia, atividades e resultados esperados; adequação do orçamento para alcance dos objetivos; adequação do cronograma físico; explicitação dos indicadores descritores do impacto das ações previstas e sistemática de avaliação.  

1,5
 
 
 

Nota:

a.   A pontuação final de cada proposta será dada pelo somatório dos resultados para cada item;

b.   Será considerado como critério de desempate a pontuação maior nos itens 3 e 4;

c.    Será desclassificado o projeto que obtiver ZERO em qualquer dos itens e não atingir a pontuação total mínima de 5,0 (cinco);

d.   Não caberá reconsideração de recurso à decisão da Câmara de Extensão.

       
       
7. Dos Procedimentos e Obrigações

7.1.  O coordenador de projeto submetido será considerado parecerista ad hoc de, no mínimo, três (3) propostas deste edital e avaliador do ENEXT;

7.2.  Os bolsistas deverão apresentar com aprovação do orientador,obrigatoriamente, os resultados finais e/ou parciais do Projeto, sob forma de painel e/ou exposição oral, no Encontro de Extensão (ENEXT) da UFPE. O não cumprimento dessa obrigação implicará no cancelamento da bolsa em andamento e impedirá o orientador a submeter o pedido de renovação de bolsa;

7.3.  A bolsa de extensão terá a duração de dez (10) meses com vigência de março de 2011 a dezembro de 2011;

7.4.  É obrigatória a apresentação de Relatório Parcial até o dia 10 de agosto de 2011, e do Relatório Final até o dia 10 de janeiro de 2012;

7.5.  Para concorrer ao edital PROEXT/UFPE do ano seguinte, o coordenador terá que estar quite com as exigências do item 3.3;

7.6.  O aluno indicado como bolsista deverá:

a)   Estar matriculado regularmente em curso de graduação da UFPE;

b)   Disponibilizar no mínimo 12 horas/semanais às atividades do projeto;

c)    Não ter reprovação não-recuperada em seu histórico escolar;

d)   Não possuir, na vigência da bolsa, vínculo empregatício ou outra modalidade de bolsa, excetuada a Bolsa     de Manutenção Acadêmica, do DAE/PROACAD;

 
 

7.7. O aluno não contemplado com bolsa poderá participar do Projeto, na qualidade de voluntário, desde que haja autorização do coordenador explicitada no Termo de Compromisso do estudante voluntário, indicando a sua adesão ao Programa de Iniciação à Extensão.

 
 
8. Calendário
        
Itens
Prazos
Lançamento do Edital
03 de dezembro de 2010 
Inscrição eletrônica das propostas no SIGPROJ
Até 21 de fevereiro de 2011 às 23h59 h
Divulgação dos resultados

Até 03 de março de 2011  

Encaminhamento à PROEXT da documentação do(s) bolsista (s) selecionado (s)

Até 17 de março de 2011
Apresentação do Relatório Parcial
10 de agosto de 2011
Apresentação do Relatório Final
10 de janeiro de 2012
 
 

·          Informações adicionais poderão ser obtidas na Coordenação de Gestão da Extensão da PROEXT pelos telefones: (81) 2126-8134

        e 2126-8609 ou por correio eletrônico pelo endereço: proext.programaseprojetos@ufpe.br

 ·          A Câmara de Extensão reserva-se o direito de resolver casos omissos e situações não previstas no presente Edital.
 

9. Elementos de despesas que serão Financiáveis:

PARTE A – MATERIAIS DE CONSUMO

Rubrica
Elemento
Descrição
Não permitido
339030.16

Material de expediente

Agenda; alfinete; almofada para carimbos; apagador; apontador de lápis; arquivo para disquete; bandeja para papéis; bloco para rascunho; bobina papel para calculadoras; borracha; caderno; caneta; capa de processo; carimbos em geral; cartolina; classificador; clipe; cola; colchete; corretivo; envelope; espátula; estêncil –estilete; extrator de grampos; fita adesiva; fita para máquina de escrever e calcular; giz; goma elástica; grafite; grampeador;grampos; guia para arquivo; guia de endereçamento postal; impressos e formulário em geral; intercalador para fichário; lacre; lápis;lapiseira; limpa tipos; livros de ata, de ponto e de protocolo;papéis; pastas em geral; percevejo; perfurador; pinça; placas de acrílico.

Materiais permanentes (exemplo):

Guilhotina; quadro branco; lousa; quadro de avisos; encadernadora; copiadora; computador.

 

Serviços de terceiros (exemplo):

Fotocópias; banneres; folderes; cartazes, crachás (exceto os plásticos adquiridos em papelarias).

339030.17

Material de informática

Cartuchos de tinta; capas plásticas protetoras para micros e impressoras; CD-Rom virgem; disquetes; leitora/smartcard; mouse e teclado (reposição); mouse pad; pecas e acessórios para computadores e periféricos; recarga de cartuchos de tinta; toner para impressoras a laser; cartões magnéticos; reposição de leitora/token pen drive/outros

Materiais permanentes (exemplo):

Computador; impressora, câmera de vídeo; MP3 player e afins; DVD player; monitor (exceto para reposição. Neste caso, informar o tombamento do equipamento original); scanner.

Serviços de terceiros (exemplo):

Reparo de máquinas e equipamentos; serviços de impressão de documentos.

 
 PARTE B – SERVIÇOS DE PESSOA JURÍDICA
Rubrica
Elemento
Descrição
Não permitido
339039.63

Serviços gráficos

Serviços de artes gráficas prestados por pessoa jurídica, bem como com serviços editoriais diversos.

Confecção de impressos em geral; encadernação de livros jornais e revistas; impressão de jornais; boletins; encartes; folders e assemelhados; plastificação de impressos; serviços de identificação de livros editados usando código de barras; serviços editoriais diversos. banneres; folderes; cartazes, crachás (sem plásticos).

Locação de equipamentos gráficos

Impressoras, escâneres, máquinas xerográficas.

 

Reprodução de equipamentos

Xerografia
339039.83

Serviço de reprodução de documentos

Xerografia

Serviços gráficos

 
 
 PARTE C – DIÁRIAS/PASSAGENS/LOCAÇÃO DE VEÍCULOS
 
Rubrica
Elemento
Descrição
Não permitido
339014.14
Diárias no País

Registra o total de despesas com diárias de pessoal civil no país, cobrindo alimentação, pousada e locomoção urbana do servidor publico que se deslocar de sua sede em objeto de serviço, em caráter eventual ou transitório.

·        Diárias sem pernoite dentro da sede de seu objeto de serviço. Exemplo: Diárias para o município de Ipojuca de um projeto que esteja lotado em Recife (ambos os municípios ficam lotados na Região Metropolitana do Recife); diárias para Caruaru de um projeto que esteja lotado naquele município. É permitida, portanto, a concessão de diárias a projetos que estejam lotados na Região Metropolitana do Recife e cujo deslocamento lhe perpasse os limites territoriais, bem como a um projeto de interiorização solicitar o pagamento de diárias para uma ação a ser desenvolvida em município vizinho, como uma atividade lotada em Vitória de Santo Antão e seja desenvolvida em Pombos.

·        Diárias a não servidores: alunos e convidados. As diárias serão concedidas apenas a professores e técnicos administrativos da UFPE.

·        Diárias inteiras. As diárias apenas serão pagas em frações. Exemplo: uma hospedagem de um dia corresponde ao pagamento de meia diária; de dois dias, uma diária e meia; quatro dias, a três diárias e meia, e assim sucessivamente.

339033.01
Passagens

Compreende o valor das apropriações de despesas correntes com aquisição de passagens terrestres, taxas de embarque, seguros para transporte de pessoas e suas respectivas bagagens no Estado. É permitida a concessão de passagens a alunos e colaboradores eventuais.

·        Passagens aéreas;

·        Locação de veículos.

339033.03
Locação de veículos

Registra a locação de veículos como meios de transporte, com ou sem motorista, como vans, microônibus, automóveis de passeio, ônibus, entre outros.

Pagamento de passagens.
 
 

Anexo I – Tabela de Diárias, conforme Decreto nº 6.907/2009

Cargo/Função
Deslocamentos para Recife(diária inteira)
Deslocamentos para Recife(meia diária)
Deslocamentos para demais municípios
(diária inteira)
Deslocamentos para demais municípios
(meia diária)
Pró-Reitor;
Diretor de Centro;
Chefe de Departamento;
Diretor das Pró-Reitorias
e dos Departamentos.
253,80
126,90
211,50
105,75
Demais cargos de nível superior
212,40
106,20
177,00
88,50

Demais funções gratificadas e cargos de nível intermediário e auxiliar

212,40
106,20
177,00
88,50
 
 
 

Anexo II – Municípios da Região Metropolitana do Recife

Abreu e Lima

Araçoiaba

Cabo de Santo Agostinho

Camaragibe
Igarassu

Ilha de Itamaracá

Ipojuca
Itapissuma

Jaboatão dos Guararapes

Moreno
Olinda
Paulista
Recife

São Lourenço da Mata

 
 

OBS: Dúvidas  com relação ao item 9 - consultar a Coordenação de Gestão Organizacional – Fone 2126-8131 – proext@ufpe.br