UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro

PIBEX/2008 - PIBEX/2008

Inscrição de Solicitação de Bolsistas - PIBEX/2008



UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ
PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO – PR-5
 
EDITAL Nº 01/2008
PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX-UFRJ 2008
 
 
A UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), por intermédio da PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO (PR-5), convoca a Comunidade Universitária da UFRJ a participar do Programa Institucional de Bolsas de Extensão (PIBEX) edição 2008, de acordo com as condições definidas neste edital.
 
 
1. OBJETIVO DO PROGRAMA
 
            O Programa Institucional de Bolsas de Extensão (PIBEX-UFRJ) tem como objetivos:
§         Contribuir para a formação profissional e cidadã por meio da participação de estudantes de graduação no desenvolvimento de programas/projetos de extensão.
§         Fortalecer a institucionalização da extensão no âmbito das Unidades e dos Centros.
 
 
2. MODALIDADES
 
O PIBEX 2008 apoiará programas e projetos de extensão propostos pelas Unidades, Órgãos ou Setores da UFRJ em três modalidades:
  1. Novos programas e projetos de extensão propostos para desenvolvimento em 2008.
  2. Programas e projetos de extensão que estejam em andamento (com no mínimo seis meses de atividade) que ainda não tiveram apoio do PIBEX.
  3. Programas e projetos já em desenvolvimento apoiados pelo PIBEX 2007-I e 2007-II que demandem ampliação e/ou implementação de novas etapas.
 
 
3. DEFINIÇÕES
 
3.1. As propostas deverão estar adequadas ao conceito de extensão universitária, exposto no Plano Nacional de Extensão:
A extensão universitária é o processo educativo, cultural e científico que articula o ensino e a pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre universidade e sociedade.
A extensão é uma via de mão dupla, com trânsito assegurado à comunidade acadêmica, que encontrará, na sociedade, a oportunidade da elaboração da práxis de um conhecimento acadêmico. No retorno à universidade, docentes e discentes trarão um aprendizado que, submetido à reflexão teórica, será acrescido àquele conhecimento. Este fluxo, que estabelece a troca de saberes sistematizados – acadêmico e popular, terá como conseqüência: a produção de conhecimento resultante do confronto com a realidade brasileira e regional; e a democratização do conhecimento acadêmico e a participação efetiva da comunidade na atuação da universidade.” (Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, 1999)
 
3.2. As propostas deverão ser apresentadas sob a forma de Programas ou de Projetos.
            3.2.1. Programa - conjunto articulado de projetos e outras ações de extensão, preferencialmente de caráter multidisciplinar e integrado a atividades de pesquisa e de ensino. Tem caráter orgânico-institucional, integração no território e/ou grupos populacionais, clareza de diretrizes e orientação para um objetivo comum, sendo executado a médio e longo prazo.
                       
            3.2.2. Projetos - ação processual e contínua, de caráter educativo, social, cultural ou tecnológico, com objetivo específico e prazo determinado. O projeto pode estar vinculado a um Programa (forma preferencial) ou ser registrado como “projeto não vinculado a programa” (projeto isolado).
 
 
4. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO
 
4.1 Dos Proponentes
4.1.1. Poderão ser proponentes professores ou técnico-administrativos de nível superior que fazem parte do quadro permanente da UFRJ, com programas ou projetos aprovados na Unidade e devidamente cadastrados na PR-5.
4.1.2. Cada proponente só poderá ser responsável por um programa ou projeto.
4.1.5. Não serão aceitas inscrições individuais de projetos vinculados a programas que já estejam concorrendo ao presente edital.
 
4.2. Condições para concessão das bolsas de extensão
4.2.1. Para as bolsas concedidas poderão ser indicados estudantes que:
a)       Sejam alunos regularmente matriculados em curso de graduação, da UFRJ, no ano letivo de 2008;
b)       Tenham horário disponível para execução das atividades propostas;
c)       Não acumulem a bolsa de extensão com qualquer outro tipo de bolsa de fomento proveniente de órgãos públicos (exceto as Bolsas Auxílio e Auxílio Manutenção), sob pena de ressarcimento das verbas recebidas em duplicidade;
d)       Não tenham sido excluídos anteriormente de alguma bolsa de extensão por desempenho insatisfatório.  
4.2.2. A concessão da bolsa não caracteriza criação de vínculo empregatício com o bolsista.
4.2.3. A substituição de bolsista, solicitada até o 10o dia útil de cada mês, será implementada para pagamento no mesmo mês; após esta data, a substituição do bolsista será implementada para pagamento no mês seguinte.
4.2.4. A bolsa poderá ser cancelada:
a) por desistência do estudante;
b) a pedido do coordenador do programa ou projeto;
c) por não cumprimento das exigências do PIBEX-UFRJ.
 
 
5. DIRETRIZES
 
5.1. As propostas serão avaliadas considerando as seguintes diretrizes:
 
            5.1.1. Natureza acadêmica:
Indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão – caracterizada pela integração da ação extensionista à formação técnica e cidadã do estudante e à produção\difusão de novos conhecimentos e metodologias.
 
Interdisciplinaridade - caracterizada por intensas trocas entre áreas de conhecimento, interação de modelos e conceitos complementares, além da integração e convergência de instrumentos e técnicas para uma consistência teórica e operacional que estrutura o trabalho coletivo.
 
Impacto na formação do estudante – caracterizado pela contribuição à formação técnico-científica, pessoal e social do estudante, explicitada em um plano de trabalho didático-pedagógico, que contenha a forma de orientação docente e critérios de avaliação. Facilita a flexibilização e a integralização curricular, com possível atribuição de créditos acadêmicos.
 
Capacidade de geração de publicaçoes e outros produtos acadêmicos – caracterizado pela elaboração de livros, capítulos, cartilhas, teses, monografias, vídeos, CDs, softwares etc, que instrumentalizem ou que sejam resultantes das ações dos programas e projetos.
 
            5.1.2. Relação com a sociedade:
Impacto social - ação transformadora sobre os problemas sociais, contribuição à inclusão de grupos sociais, ao desenvolvimento de meios e processos de produção, inovação e transferência de conhecimento; a ampliação de oportunidades educacionais e do acesso a processos de formação e qualificação; contribuição na formulação, implementação, acompanhamento das políticas públicas prioritárias ao desenvolvimento local, regional e nacional.
 
Relação dialógica com a sociedade - interação do conhecimento acumulado nas instituições e nas organizações da sociedade; desenvolvimento de parcerias institucionais internas e externas à universidade.
 
 
5.2. As propostas deverão explicitar:
a)       A fundamentação conceitual e metodológica;
b)       A adequação da metodologia aos objetivos, como serão desenvolvidas as atividades, o cronograma de execução;
c)       O processo e os indicadores de avaliação, evidenciando os resultados esperados;
d)       A adequação da equipe ao desenvolvimento do trabalho.
e)       A(s) (área)(s) temática(s) em que se classifica, conforme relação a seguir: 1. comunicação; 2. cultura; 3. direitos humanos e justiça; 4. educação; 5. meio ambiente; 6. saúde; 7. tecnologia e produção; 8. trabalho; 9. interdisciplinar.
f)         O relatório do coordenador contendo avaliação dos resultados, anexando os relatórios individuais dos bolsistas conforme modelo (vide ANEXO III), quando tratar-se de programa/projeto apoiado pelos Editais PIBEX 2007-I e 2007-II.
 
             
6. PROCESSO DE ANÁLISE E JULGAMENTO DAS PROPOSTAS
 
6.1. A Pró-Reitoria de Extensão nomeará uma COMISSÃO DE AVALIAÇÃO composta por professores ou técnicos de nível superior da UFRJ, que será responsável pela análise e seleção dos projetos e pela concessão das respectivas bolsas de extensão.
a)       A comissão será composta por: um presidente (Pró-Reitora de Extensão); os Coordenadores de Extensão dos centros; dois representantes indicados pela Pró-Reitoria de Graduação; dois representantes indicados pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa; quatro representantes indicados pela Pró-Reitoria de Extensão e mais seis avaliadores ad hoc.
b)       A comissão se organizará em grupos de trabalho, de acordo com as áreas temáticas mencionadas no item 5.2, sendo cada grupo composto por dois membros, havendo a interveniência de um terceiro, quando houver divergência nas pontuações dadas pelos dois avaliadores iniciais. 
c)       Os avaliadores não poderão pontuar propostas originadas da sua Unidade.
d)       Se algum dos membros da comissão possuir proposta sendo avaliada, não poderá ter acesso à mesma.
e)       Os integrantes da comissão deverão manter sigilo sobre as suas atividades e as identidades dos avaliadores de cada projeto.
 
6.2. Caberá à Comissão de Avaliação:
a)       Avaliar e pontuar os programas e projetos que receberão bolsas de extensão e emitir parecer para os projetos não aprovados.
b)       Julgar o mérito das propostas considerando os seguintes critérios:
§         Natureza extensionista da proposta;
§         Consistência da proposta em relação aos objetivos e às diretrizes deste Edital.
§         Relevância acadêmica.
§         Relevância social.
§         Detalhamento da metodologia e das etapas de trabalho;
§         Coerência entre os objetivos do programa ou projeto e os resultados esperados;
§         Viabilidade do cronograma.
c)       Para as solicitações de renovações dos Programas/Projetos apoiados pelos Editais PIBEX 2007-I e 2007-II serão considerados também a avaliação do Relatório do Coordenador do Programa/Projeto (Anexo III) e os Relatórios individuais dos bolsistas.
 
7. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS
 
7.1. O resultado do processo de seleção será divulgado na Internet, no website da Pró-Reitoria de Extensão, no endereço http://www.pr5.ufrj.br, e no mural da PR-5 (corredor do 8º andar do Prédio da Reitoria), no dia 14 de março de 2008.
 
 
8. SELEÇÃO DOS BOLSISTAS
 
8.1. Os coordenadores de programas ou projetos, após ampla divulgação, deverão selecionar os estudantes aos quais serão destinadas as bolsas e enviar as indicações para a Pró-Reitoria de Extensão até às 16 horas do dia 31 de março de 2008.
 
8.2. As indicações deverão ser encaminhadas utilizando-se os formulários dos bolsistas disponíveis no website da Pró-Reitoria de Extensão:
 
8.3. Não havendo indicação no prazo estabelecido, a bolsa será transferida para outro programa ou projeto.
 
 
9. COMPROMISSOS DO BOLSISTA
 
A concessão da bolsa requer do bolsista comprometer-se a:
a)       Dedicar 20 horas semanais às atividades previstas no Plano de Trabalho;
b)       Não manter vínculo empregatício ou estágio remunerado e dedicar-se integralmente às atividades acadêmicas e de extensão;
c)       Apresentar seu trabalho no Congresso de Extensão da UFRJ;
d)       Apresentar ao Coordenador do Programa/Projeto o Relatório das Atividades desenvolvidas, até 30 dias após eventual cancelamento ou término da vigência da bolsa, formatado de acordo com modelo disponível na página da PR-5;
e)       Manter atualizado o seu endereço eletrônico, e-mail, na Superintendência Acadêmica de Extensão da PR-5;
f)         Devolver à UFRJ, em valores atualizados, mensalidades recebidas indevidamente, em caso de cancelamento da concessão da bolsa;
g)       Firmar Termo de Compromisso, apresentado pelo coordenador, em forma própria disponível na página da PR-5.
 
10. ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DOS PROGRAMAS E PROJETOS
 
a)       Os proponentes dos programas e projetos de extensão serão os responsáveis pelo acompanhamento e orientação do bolsista.
b)       O coordenador deverá encaminhar a Superintendência Acadêmica de Extensão/PR-5 o relatório final, no prazo estabelecido pela PR-5, conforme modelo disponível no site http://www.pr5.ufrj.br. O relatório final deverá conter Relatório do(s) bolsista(s) apresentando as atividades por ele(s) desenvolvidas e relatório do coordenador com parecer sobre as atividades desenvolvidas pelo(s) bolsista(s).
c)       O(s) responsável(eis) pelo acompanhamento e avaliação dos bolsistas deverá(ão), no caso de desempenho insatisfatório do bolsista durante a realização das atividades, comunicar imediatamente a PR-5 para imediato desligamento do mesmo.
d)       Desde que devidamente justificado, poderá, em casos excepcionais, haver substituição do bolsista durante a realização das atividades.
e)       Durante o período de vigência da bolsa, os coordenadores e os participantes dos projetos contemplados pelo PIBEX deverão estar disponíveis para prestar informações a qualquer momento.
f)         O coordenador compromete-se a inscrever e apresentar trabalho no Congresso de Extensão da UFRJ.
g)       A Pró-Reitoria de Extensão poderá solicitar parecer a um consultor "ad hoc" sobre o Relatório de atividades apresentado pelo bolsista. A aprovação ou não do relatório será considerada por ocasião da solicitação de novas bolsas de atividades de extensão.
h)       O não cumprimento das obrigações acima por parte do coordenador do programa ou projeto excluirá os solicitantes do processo de análise de futuras propostas.
 
 
 
11. RECURSOS FINANCEIROS E VIGÊNCIA DAS BOLSAS
 
11.1. No âmbito desse edital serão comprometidos recursos financeiros para 500 (quinhentas) bolsas de extensão destinadas a estudantes de graduação da UFRJ, no valor unitário de R$ 300,00 (trezentos reais) ao mês, com vigência de até 12 meses, a partir de abril de 2008.
 
11.2. Os programas ou projetos deverão ter contrapartida da(s) Unidade(s), dos Centros (quando for o caso) e/ou instituições envolvidas, sob a forma de apoio operacional e de infra-estrutura.
 
 
12. INSCRIÇÃO
 
12.1. As propostas de programa ou projeto de extensão às quais estarão vinculadas as bolsas solicitadas devem ser enviadas, por meio eletrônico, até o dia 06/03/08 para o e-mail pibex@pr5.ufrj.br, conforme formulários disponíveis no site da Pró-Reitoria de Extensão (http://www.pr5.ufrj.br/editais.htm):
a)       ANEXO I - Ficha de inscrição do programa ou projeto;
b)       ANEXO II - Proposta do programa ou projeto;
c)       ANEXO III - Solicitação de Renovação para os Programas/Projetos já apoiados pelo PIBEX (exclusivamente para os programas/projetos apoiados pelos Editais PIBEX 2007-I e 2007-II).
d)       Curriculum vitae, modelo SIGMA (www.sigma.ufrj.br) ou Lattes (http://lattes.cnpq.br), do(s) coordenador (es) do programa/projeto;
 
12.2. A documentação impressa, abaixo relacionada, deve ser entregue até as 12 horas do dia 06/03/08 na Superintendência Acadêmica de Extensão/PR-5.
 
a)       Memorando da Coordenação de Extensão do Centro ou Unidade (ou estrutura equivalente) encaminhando a proposta;
b)       Documento comprobatório de aprovação do programa ou projeto pelo Departamento ou Setor a que está vinculado (apenas para os projetos não registrados na Pró-Reitoria de Extensão).
 
 
13. DISPOSIÇÕES FINAIS
 
a)       Não serão analisados, pela Comissão de Avaliação, programas/projetos que forem protocolados fora do prazo na Pró-Reitoria de Extensão ou que estiverem sem a documentação exigida nesse edital.
b)       Não serão aceitas propostas formatadas fora do padrão estabelecido pela PR-5.
c)       Os resultados dos projetos apoiados pelo Programa de Bolsas de Extensão, quando publicados e ou apresentados em eventos, cursos, comunicações em congressos, dentre outros, deverão obrigatoriamente citar o apoio da Pró-Reitoria de Extensão da UFRJ, por intermédio do Programa Institucional de Bolsas de Extensão – PIBEX-UFRJ
d)       A Pró-Reitoria de Extensão se reserva o direito de reajustar o número de bolsas durante a execução dos projetos, tendo como base a análise decorrente do acompanhamento técnico dos mesmos, devendo os coordenadores ser avisados com antecedência mínima de 30 dias.
e)       O pagamento mensal do bolsista estará condicionado à entrega a Superintendência Acadêmica de Extensão/PR-5 do comprovante de freqüência, emitido pelo coordenador, até o dia 18 de cada mês, exceto no mês de dezembro, quando a entrega do comprovante deve ser antecipada para uma data a ser oportunamente informada aos coordenadores.
f)         Para cada bolsista, será fornecido um “caderno de campo” para registro das atividades do mesmo no decorrer do projeto. No caso excepcional de substituição do bolsista, o coordenador deverá garantir a continuidade do preenchimento do “caderno de campo” pelo bolsista substituto.
g)       No caso de interrupção das atividades do projeto, as bolsas serão canceladas. Neste caso, o coordenador deverá fazer uma comunicação por escrito à PR-5 com as devidas justificativas.
h)       Caso o coordenador, por algum motivo, necessitar afastar-se do projeto, deve nomear um outro coordenador ou cancelar o projeto.
i)         Excepcionalmente, poderá ser admitida a substituição de bolsista no decorrer do projeto. O novo estudante indicado deverá atender aos requisitos deste edital.
j)         Uma vez cumprido o programa, o(s) bolsista(s) terá(ão) direito a certificado de participação.
k)       Os casos não previstos neste Edital serão resolvidos pela Comissão Avaliadora.
 
14. CRONOGRAMA
 
Atividade
Período
Lançamento do Edital
04 de janeiro de 2008
Inscrição/Recebimento dos Projetos
até 06 de março de 2008
Análise pela comissão avaliadora
10 a 12 de março de 2008
Divulgação dos resultados
14 de março de 2008
Encaminhamento do resultado da seleção dos bolsistas, pelos coordenadores dos programas/projetos, a PR-5.
até 31 e março de 2008
 
 
15. INFORMAÇÕES ADICIONAIS
 
            Esclarecimentos e informações adicionais poderão ser obtidos contatando-se:
Pró-Reitoria de Extensão – PR-5
Superintendência Acadêmica de Extensão
Prédio da Reitoria – Sala 815 – Campus Fundão
Website: www.pr5.ufrj.br
E-mail: extensao@pr5.ufrj.br
Tel. 2598-9692 / 2598-9699
 
 
ANEXOS:
 
Anexo I – Ficha de Identificação
Anexo II – Modelo de Proposta
Anexo III – Solicitação de Renovação para os Programas/Projetos apoiados pelos editais PIBEX 2007-I e 2007-II.
 
 
 
Rio de Janeiro, 02 de janeiro de 2008.
 
 
 
 
 
Laura Tavares Ribeiro Soares
Pró-Reitora de Extensão
Universidade Federal do Rio de Janeiro