UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco

BEXT 2018 - EDITAL Nº 06/2017 – BEXT 2018

A Pró-Reitoria de Extensão – PRAE, por meio da Coordenação de Educação Continuada – CEC, gestora do Programa Institucional de Bolsa de Extensão – BEXT 2018, em conformidade com a resolução nº 148/2004 CEPE de 11/05/2004, torna público este Edital e convoca todos os Extensionistas da UFRPE a apresentarem propostas de Projetos de Extensão Universitária a serem selecionadas para vigência em 2018.



A Pró-Reitoria de Extensão – PRAE, por meio da Coordenação de Educação Continuada – CEC, gestora do Programa Institucional de Bolsa de Extensão – BEXT 2018, em conformidade com a resolução nº 148/2004 CEPE de 11/05/2004, torna público este Edital e convoca todos os Extensionistas da UFRPE a apresentarem propostas de Projetos de Extensão Universitária a serem selecionadas para vigência em 2018.

1. OBJETIVOS 1.1. Apoiar projetos desenvolvidos pela comunidade acadêmica da UFRPE, que estejam em consonância com a resolução vigente de Extensão.

1.2. Estimular a participação de estudantes da UFRPE em Ações de Extensão, com vistas a promover a cidadania e a inclusão social, bem como a aprendizagem mediante relação teoria e prática.

1.3. Apoiar projetos, de fortalecimento da indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão, com foco nas temáticas previstas no Plano Nacional de Extensão – PNE: (1) Saúde, (2) Educação, (3) Cultura, (4) Tecnologia, (5) Direitos Humanos, (6) Trabalho, (7) Meio ambiente e (8) Comunicação.

1.4. Priorizar a transferência de tecnologias capazes de proporcionar mais sustentabilidade em comunidades localizadas preferencialmente na zona rural do Estado de Pernambuco, a fim de contribuir para a transformação social da comunidade alvo.

1.5. Contribuir para a inserção da extensão na concepção e elaboração dos planos pedagógicos e nos currículos dos cursos de graduação da UFRPE, em atendimento à lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprovou o Plano Nacional de Educação – PNE, e que em sua meta 12, estratégia 12.7 define “assegurar, no mínimo, 10% (dez por cento) do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária, orientando sua ação, prioritariamente, para áreas de grande pertinência social”.

1.6. Possibilitar a aproximação com instituições parceiras visando o desenvolvimento de projetos de extensão, com vistas à interação transformadora entre universidade e os demais setores da sociedade.

1.7. Apoiar projetos desenvolvidos em parceria com representações do poder local dos Municípios, em ações de complementaridade a programas integrantes de políticas públicas locais, regionais e/ou nacionais.

2. DIRETRIZES GERAIS 2.1. Poderão apresentar propostas a este edital, docentes e técnicos de nível superior do quadro permanente da UFRPE, livre de pendências na PRAE, o que inclui dentre outras o cumprimento dos prazos e obrigações relativas as ações de extensão coordenadas pelos mesmos em editais de extensão anteriores.

2.2. As propostas deverão ser aprovadas pela Comissão de Extensão e CTA do Departamento e/ou Unidade Acadêmica de vinculação do proponente.

2.3. Nos casos em que o proponente estiver vinculado a um setor (Reitoria, Pró-reitorias, Campi Avançado) que não tem comissão de extensão, a proposta deverá ser aprovada pela Comissão de Extensão Interna da PRAE-UFRPE. Sendo assim, deve-se antes de encerar o prazo de submissão de proposta deste edital, submeter a proposta para avaliação da PRAE, para que se consiga obter as decisões necessárias para atender o item 3.2.

2.4. Cada proponente só poderá concorrer como coordenador de um projeto, não estando impedido de participar de outras propostas como membro da equipe.

2.5. As propostas deverão envolver apenas os estudantes de graduação regularmente matriculados na UFRPE, na qualidade de bolsista.

2.6. O aluno bolsista não poderá ter vínculo empregatício ao início da bolsa e nem poderá acumular outro tipo de bolsa ou auxílio financeiro de instituições oficiais.

3. INSCRIÇÃO DAS PROPOSTAS 3.1. O projeto deverá ser elaborado pelo coordenador da ação via sistema SIGPROJ (pelo endereço: http://sigproj.mec.gov.br/, na opção edital BEXT 2018) e deverá conter o parecer/decisão da comissão de extensão e do CTA junto aos demais anexos, descritos no item 3.6.

3.2. O procedimento de inscrição se dará mediante acesso ao sistema com login e senha do coordenador da ação. Este deverá preencher todos os itens que compõe a proposta em seguida salvar e enviar proposta para o julgamento. O coordenador deverá imprimir a proposta do SIGPROJ e junto aos demais anexos, descritos no item 3.6, encaminhar os respectivos documentos para o (a) Diretor(a) do Departamento, que deverá encaminhar a Comissão de Extensão e ao CTA (o referido projeto e plano de trabalho do bolsista) para avaliação. Se aprovado as respectivas decisões deverão ser anexadas ao processo, que deverá seguir para PRAE, dando entrada impreterivelmente na Secretaria da Pró-reitoria de Extensão, até as 17 horas do dia 27/10/2017, podendo a proposta ser desclassificada, caso não cumpra o prazo descrito no item 9.2. 3.3. Caso não consiga submeter o projeto ao CTA devido a incompatibilidade de agendas, deve- se encaminhar o projeto com documento AD REFERENDUM, expedido pelo Diretor(a) do Departamento.

3.4. Só serão aceitas as propostas que tenham sido enviadas exclusivamente via SIGPROJ, até o prazo final definido no item 9.

3.5. Todos os projetos concorrentes deverão cumprir os procedimentos internos da UFRPE, estando devidamente aprovados pela Comissão de Extensão e pelo CTA da Unidade de Origem do coordenador.

3.6. O coordenador da ação deverá encaminhar via memorando direcionado a PRAE-UFRPE, até o dia 27 de outubro de 2017, os seguintes documentos sob a forma de processo: Cópia impressa do projeto (submetido no SIGPROJ, assinado), Cópia da decisão da comissão de extensão e da Decisão do CTA (ata de aprovação/decisão que corresponde ao item anexo outros documentos), Histórico Escolar do Bolsista autenticado pelo coordenador do curso de graduação, Xerox do RG e CPF, Termo de Compromisso do Bolsista, Plano de trabalho do aluno/bolsista (assinado) e Plano de Concessão de Bolsa. Está ação é primordial para que se formalize e se proceda com os trâmites internos de efetivação da Ação de Extensão e aceite de que se quer ser contemplado com o edital.

3.7. A PRAE não se responsabilizará por propostas não recebidas em decorrência de eventuais problemas técnicos, operacionais e congestionamento das linhas de comunicação.

3.8. Só serão enviadas aos avaliadores ad hoc, para análise de mérito, aquelas propostas com que atendam a todos os requisitos do item 3.6.

3.9. Serão desclassificadas todas as propostas dos órgãos que não cumprirem as condições acima.

4. RECURSOS FINANCEIROS E VIGÊNCIA DAS BOLSAS 4.1. No âmbito deste edital serão comprometidos recursos financeiros relacionados a Bolsas de Extensão e ajuda de custo.

4.2. Entende-se por Bolsa de Extensão o auxílio financeiro dispensado a um Projeto de Extensão, pago a um estudante da UFRPE pelo desempenho das atividades vinculadas ao referido projeto, com carga horária de 20 horas semanais, durante o período de 01 (um) mês, correspondente a R$ 400,00 (quatrocentos Reais).

4.3. Cada projeto aprovado receberá 01 (uma) bolsa com 12 (doze) cotas, correspondendo a um valor total de R$ 4.800,00 (quatro mil e oitocentos reais), distribuídas de acordo com o cronograma de atividades proposto no projeto que poderá ter vigência de até 12 meses.

4.4. Será concedida ajuda de custo anual no valor de R$ 700,00 (setecentos Reais) ao bolsista do projeto aprovado, para aquisição de material de consumo, passagens e alimentação.

5. DA SELEÇÃO DOS PROJETOS 5.1. Os projetos de extensão serão avaliados por uma Comissão que foi constituída através de uma chamada pública para composição de consultor (a) ad hoc, presidida pela Pró-Reitora de Extensão. Dessa forma, a avalição será via on line por profissionais internos e externos à UFRPE.

5.2. Os projetos serão selecionados, por ordem de classificação, em cada opção escolhida, considerando a clareza e a coerência da proposta de atividade, com base nos seguintes critérios/pontuação:

Critérios de Análise e Julgamento Critérios Pontuação Máxima 1. Relevância Acadêmica e interfaces com o ensino e a pesquisa – Relação Comprovada1 da proposta de extensão, com o Plano Pedagógico do Curso (PPC) e sua articulação com as atividades de ensino e/ou com a pesquisa; explicitação dos impactos técnico-científico, artísticos, culturais, pessoal e social na formação dos estudantes; geração de produtos como monografias, dissertações, teses, artigos, publicações, obras de arte, acervos de memória, abertura de novas linhas de extensão, ensino e pesquisa; referência à possibilidade de atribuição de créditos acadêmicos, sob orientação, tutoria e avaliação docente, que facilite a flexibilização e a integralização curricular;

Nota 1: Anexar comprovação do Plano Pedagógico do Curso (PPC), onde consta as atividades de ensino e/ou pesquisa que demonstrem a relação com a proposta de extensão e dos produtos gerados a partir da ação de extensão, nos últimos cinco anos, quando se aplica.

25 2. Interdisciplinaridade/Interprofissionalidade – Proposta integradora de áreas do conhecimento, caracterizada pela interação de modelos e conceitos, com consistência teórica, metodológica e operacional, envolvendo professores, técnicos e alunos de cursos/departamentos/núcleos/órgãos suplementares;

“O suposto dessa diretriz é que a combinação de especialização e visão holista pode ser materializada pela interação de modelos, conceitos e metodologias oriundos de várias disciplinas e áreas do conhecimento, assim como pela construção de alianças intersetoriais, interorganizacionais e interprofissionais. Dessa maneira, espera-se imprimir às ações de Extensão Universitária a consistência teórica e operacional de que sua efetividade depende.” (Política Nacional de Extensão Universitária, FORPROEX, 2012, p.49).

25 3. Alcance Social da Proposta – Compromisso com ações transformadoras de âmbito local ou regional, voltadas para o interesse e necessidades, tangíveis e simbólicas, da sociedade; ações voltadas para a superação das desigualdades sociais e/ou melhoria da qualidade de vida de segmentos em situação de vulnerabilidade social; contribuição na formulação, implementação e acompanhamento das políticas públicas prioritárias ao desenvolvimento local, regional e nacional.

20 4. Metodologia e Resultados – Adequação da proposta aos objetivos, metodologia, atividades e cronograma e indicação dos resultados esperados, tanto do ponto de vista da geração do conhecimento quanto da sua aplicação relacionada ao ensino, pesquisa e extensão; sistematização e comunicação dos trabalhos a serem produzidos (relatórios, recursos didáticos, artigos, oficinas e outros).

15 5. Articulação e envolvimento de outros parceiros – Indicação de diálogo troca de saberes, de alianças, envolvendo outros segmentos da sociedade (órgãos governamentais, sociedade civil, movimentos sociais, instituições de ensino, empresas privadas) e/ou Órgãos Suplementares da UFRPE, com ou sem contrapartida financeira externa (recursos de convênios, editais, parcerias) e/ou outros apoios.

15 TOTAL 100 Nota 2: As notas poderão ser fracionadas, lembrando que a nota máxima só será atribuída aos projetos que atenderem todos os itens. a. A pontuação final de cada proposta será dada pelo somatório dos resultados para cada item; b. Será considerado como critério de desempate a pontuação maior nos itens 1 e 2; c. Para fins de concessão de bolsa e/ou recursos só serão classificados, por ordem crescente de pontuação, os projetos que obtiverem nota mínima igual ou superior a 70 (setenta).

6. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 6.1. As propostas aprovadas serão divulgadas no site da PRAE até o dia 24 de novembro de 2017.

6.2. As propostas aprovadas terão seu status no SIGPROJ, alteradas para em andamento Normal.

6.3. As propostas não aprovadas serão canceladas e desativadas do sistema SIGPROJ.

6.4. Aconselha-se a quem não teve proposta aprovada submeter, caso queira executar sem recurso ou com recurso de terceiros, a proposta ao edital SONUS 2018, de fluxo contínuo.

7. DAS OBRIGAÇÕES DO COORDENADOR 7.1. Cumprir o item 3.6. 7.2. É obrigação do coordenador, durante a vigência da bolsa, encaminhar à PRAE, até o vigésimo dia do mês corrente, a frequência mensal do bolsista assinada para o e-mail cec.prae@ufrpe.br As atas de frequência devem ser guardadas pelo coordenador e anexadas ao relatório final ao fim da ação. O não cumprimento dessa obrigação suspenderá o pagamento da bolsa no mês subsequente.

7.3. O coordenador deverá fazer e encaminhar o relatório parcial apenas via SIGPROJ com os resultados parciais do projeto até o dia 14 de julho de 2018. O não cumprimento dessa exigência acarretará na suspensão da bolsa.

7.4. O coordenador deverá, até o dia 15 de fevereiro de 2019, formar processo e encaminhar ao Diretor(a) do Departamento, para os trâmites legais, via memorandum e processo, uma cópia impressa do relatório final (submetido no SIGPROJ, assinado), decisão/parecer da comissão de extensão e do CTA departamental sobre o relatório final, as frequências mensais do bolsista (originais e assinadas) e formulário de solicitação de certificados disponível no site da PRAE.

7.5. Caso o projeto contemple a emissão de certificados, deve-se atender a resolução de extensão vigente.

7.6. O coordenador e o bolsista deverão apresentar os resultados parciais do projeto sob forma de exposição oral durante a realização da Semana de Extensão da UFRPE (06 a 10 de agosto de 2018) e os demais resultados do projeto deverão ser apresentados sob a forma de exposição oral, no Congresso de Extensão – CONEX, durante a JEPEX 2018, e anexar os comprovantes ao relatório final.

7.7. O não cumprimento das obrigações excluirá o coordenador da análise de futuras propostas.

8. DAS OBRIGAÇÕES DO BOLSISTA

8.1. O bolsista deverá estar matriculado regularmente em curso de graduação da UFRPE.

8.2. Ter cadastro no SIGPROJ, atualizado.

8.3. O aluno bolsista deverá disponibilizar 20 horas/semanais às atividades do projeto.

8.4. O bolsista deverá não ter reprovação não-recuperada em seu histórico escolar, com exceção as justificadas pelo coordenador da proposta no processo de indicação do mesmo.

8.5. O bolsista deverá cumprir o cronograma de atividades apresentado na submissão da proposta pelo coordenador da ação.

8.6. O bolsista deverá auxiliar o professor no desenvolvimento do relatório parcial e final.

8.7. O bolsista deverá prestar contas dos recursos do projeto ao fim do projeto, anexando ao relatório final formulário específico disponível no site da PRAE, com os documentos comprobatórios.

8.8. O bolsista deve não possuir, na vigência da bolsa, vínculo empregatício ou outra modalidade de bolsa.

8.9. O bolsista deverá apresentar com aprovação do orientador, obrigatoriamente, os resultados parciais e/ou finais do Projeto, sob forma de exposição oral, no Congresso de Extensão – CONEX, durante a JEPEX 2018, e sob forma de exposição oral durante a realização da Semana de Extensão da UFRPE (06 a 10 de agosto de 2018), e anexar os comprovantes ao relatório final.

8.10. Caso se desligue do projeto antes do término do mesmo, o bolsista deverá entregar o relatório parcial de suas atividades versão digital ao coordenador do projeto.

8.11. O não cumprimento das obrigações excluirá o solicitante de participar como bolsista de futuras propostas.

9. DA INTERPOSIÇÃO DE RECURSOS A interposição de Recursos sobre o Resultado Provisório deverá ser encaminhada através do e-mail cec.prae@ufrpe.br até o dia 28 de novembro de 2017, apresentando as justificativas da solicitação.

10. CALENDÁRIO

ITENS PRAZOS

Lançamento do Edital 28 de setembro de 2017

Entrada do processo com a proposta do projeto na PRAE 27 de outubro de 2017

Avaliação Ad hoc das propostas 9 a 21 de novembro de 2017

Divulgação do resultado provisório 24 de novembro de 2017

Interposição de Recursos até 28 de novembro de 2017

Divulgação dos Resultado Final 30 de novembro de 2017

Vigência da Bolsa de Extensão 2 de janeiro a 30 de dezembro de 2018

Envio do relatório parcial até 14 de julho de 2018

Semana de Extensão da UFRPE para apresentação Oral dos Resultados Parciais UAST (dia 06/08/18) UAG (dia 07/08/18) UACSA (08/08/18) SEDE (dia 9/08/18)

Envio do relatório final até 15 de fevereiro de 2019

11. DISPOSIÇÕES FINAIS

11.1. A inscrição do projeto obriga a aceitação de todos os termos deste Edital.

11.2. A constatação, a qualquer tempo, de informação falsa na documentação correspondente, faz nulo todo o procedimento em relação à seleção, sem prejuízo das demais providências cabíveis.

11.3. Os casos omissos serão resolvidos pela Pró-Reitora de Extensão.

11.4. Informações adicionais poderão ser obtidas na Coordenação de Educação Continuada-CEC pelo telefone (81)3320.6064 ou por correio eletrônico pelo endereço: ou pelo e-mail: cec.prae@ufrpe.br

11.5. Serão desclassificadas todas as propostas que não cumprirem as condições acima.

11.6. A Pró-Reitoria de Extensão reserva-se o direito de resolver casos omissos e situações não previstas no presente Edital, que deverão ser questionadas formalmente através de e-mail ou ofício.

Recife, 28 de setembro de 2017.

Profa. Dra. Ana Virginia Marinho Pró-Reitora de extensão;o