«« Voltar
PAPP-PROGRAMA DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AOS ESTUDANTES DE MEDICINA DA UFF (Cópia) 03-12-2010
Protocolo do SIGProj:   67092.341.49206.11012011
De:01/02/2011  à  01/12/2011
 
Coordenador-Extensionista
  Eliana Myriam Serfaty Gabbay
Instituição
  UFF - Universidade Federal Fluminense
Unidade Geral
  CMS - Instituto da Saúde da Comunidade
Unidade de Origem
  MSS - Departamento de Saúde em Sociedade
Resumo da Ação de Extensão
  O PAPP visa construir um espaço de acolhimento e troca de experiências aos estudantes de Medicina. Através da discussão das difíceis questões a elas inerentes, pretendemos enriquecer a formação e a própria identidade médicas a partir do paradigma de relação dialógica e intersubjetividade, inerentes à perspectiva contemporânea de integralidade em saúde. Pretende-se também contribuir para o aprimoramento da qualidade de vida dos alunos, intimamente ligada à qualidade de sua formação, resultando em habilidade para lidar com a própria subjetividade e a do outro. O método é o do trabalho em grupos operativos, de alunos dos diversos períodos, coordenados por professor-tutor, onde se discutem as questões subjetivas e éticas envolvidas na formação e prática médicas. Os vinculos que se estabelecem entre alunos e tutores são o principal motor de elaboração e mudança. Os tutores trabalham em grupo, visando capacitação e troca de experiências, supervisionados por profissional psicanalista. Os alunos que solicitarem podem ser atendidos individualmente por seus tutores ou pela coordenadora do programa, visando apoio em situações emergenciais e encaminhamento a profissionais para ajuda terapêutica, caso seja decidido por aluno e equipe. O programa prevê ainda realização de eventos com participação e integração de todos os alunos e professores da FacMedUFF.
Palavras-chave
   subjetividade, transmissão, qualidade de vida, formação médica
Público-Alvo
  O programa visa atingir diretamente todos os alunos do curso de Medicina inscritos a cada período e os professores que assumem função de tutoria. Potencialmente acaba por atingir toda a comunidade da Faculdade de Medicina da UFF na medida em que seus efeitos se retransmitem pelos próprios alunos participantes, resultando numa valorização dos aspectos relacionais e subjetivos envolvidos na prática médica. Por fim o programa acaba por beneficiar os pacientes atendidos pelos jovens em formação e futuros médicos, já que trata de valorizar a integralidade nas ações de saude.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
   Coordenadora do programa, vice coordenadora e Departamento de Saude e Sociedade
«« Voltar