«« Voltar
Uso e descarte de substâncias químicas
Protocolo do SIGProj:   312611.1722.279995.31102018
De:07/01/2019  à  07/01/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Flavia Fonseca Bloise
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  IBCCF - Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho
Resumo da Ação de Extensão
  Esse projeto visa aumentar o acesso da sociedade à informação sobre o uso e descarte do óleo de cozinha, um resíduo sólido de alto potencial poluidor ao meio ambiente, cuja utilização é frequente em domicílios e estabelecimentos comerciais. Para atingir esse resultado, pretende-se disponibilizar exposições de dados com interação com o público-alvo para a troca de experiências e atividades lúdicas ilustrativas que atuem na conscientização da sociedade sobre os danos que o descarte incorreto de óleo de cozinha pode provocar no meio ambiente. Além disso, busca-se estimular o descarte correto desse resíduo, promovendo integração entre os usuários e coletadores, ou ainda, viabilizar o reprocessamento pelos próprios usuários. Assim, pretende-se viabilizar a possibilidade que o usuário tenha algum benefício direto e quiçá lucrativo com o descarte de óleo de cozinha. As atividades do projeto serão realizadas em locais onde há reuniões com grande número de pessoas, como condomínios, associação de moradores de comunidades, escolas, igrejas e centros espírita. Almeja-se que os participantes, ao conhecer a importância dessas ações, adquiram um papel disseminador desse conhecimento, multiplicando o número de pessoas atingidas pelo projeto, o que gerará um grande impacto positivo ao meio ambiente de médio à longo prazo.
Palavras-chave
   Descarte, reprocessamento, óleo de cozinha, meio ambiente, poluição
Público-Alvo
  O público-alvo são indivíduos da sociedade pública em comunidades carentes, organizações em grupos comunitários, ONGs, igrejas e escolas. As reuniões expositivas e de troca com o público-alvo ocorrerá dentro do contexto das reuniões que já ocorrem regularmente em suas escolas, centros comunitários, condomínios ou igrejas, bem como pela realização de grandes eventos bianuais em ambientes públicos de lazer, como praças. Serão oferecidas atividades interativas e informativas sobre o descarte químico e manuseio dos rejeitos químicos.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   flaviabloise@biof.ufrj.br linecordeiro@gmail.com
«« Voltar