«« Voltar
PROJETO NASCENTE VIVA: AÇÕES SÓCIO ECONÔMICA e AMBIENTAL DA ALDEIA DE DOURADOS – MS(ODS 15)
Protocolo do SIGProj:   311361.1731.18419.14082018
De:01/01/2019  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Zefa Valdivina Pereira
Instituição
  UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
Unidade Geral
  FCBA - Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais
Unidade de Origem
  G.A. - Gestão Ambiental
Resumo da Ação de Extensão
  A reserva indígena de Dourados compreendida pelas as Aldeias Bororó e Jaguapiru foi criada em 1917 com uma área de 3.474 ha. Neste espaço vivem confinados hoje mais de 15.000 pessoas. Esse grande contingente populacional levou ao esgotamento dos recursos naturais essenciais para a sua sobrevivência a partir da perspectiva histórica cultural indígena de forma que inviabilizam a realização da sua reprodução social, mística e cultural, a partir de uma perspectiva histórica, uma vez que, sua relação com o território encontra-se fragilizada. Frente a esse quadro de degradação, fica evidente a necessidade de restauração, não só para se adequar a legislação, mas também reconstruir um ecossistema autossustentável, bem como, proporcionar a comunidade indígena um lugar para usufruir de maneira respeitosa os recursos naturais como os rios, os animais, as plantas e admirar as belezas, resgatando assim, uma parte de sua cultura. Dessa forma este projeto objetiva promover a restauração ecológica e a conservação da Biodiversidade por meio do uso sustentável dos recursos naturais da Aldeia de Dourados como alternativa de desenvolvimento local e a melhoria na quantidade e qualidade da água para usos múltiplos. Espera-se com isso promover a conservação dos recursos hídricos da Aldeia de Dourados, contribuir para o restabelecimento de aspectos funcionais e estruturais de nascentes e olhos d’água; promover a formação e discussão sobre responsabilidade socioambiental, segurança alimentar, inclusão social, recuperação de áreas degradadas; desenvolver arranjos produtivos locais baseados na sustentabilidade; capacitar os integrantes do projeto para o desenvolvimento de uma cadeia produtiva de sementes florestais.
Palavras-chave
   Educação Ambiental, Passivo Ambiental, Restauração Ecológica
Público-Alvo
  Alunos indígenas, lideranças e comunidade das Aldeias Jaguapiru e Bororó
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar