«« Voltar
Mulheres assentadas na defesa de alimentos saudáveis: a força da organização coletiva na produção familiar (ODS 5)
Protocolo do SIGProj:   311130.1731.18583.14082018
De:01/01/2019  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Alzira Salete Menegat
Instituição
  UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
Unidade Geral
  FCH - Faculdade de Ciências Humanas
Unidade de Origem
  CSL - Ciências Sociais - Licenciatura
Resumo da Ação de Extensão
  Este projeto tem como objetivo dar continuidade as atividades práticas de extensão que estão sendo desenvolvidas junto ao grupo coletivo do assentamento Ranildo da Silva, formado por homens e mulheres, no município de Nova Alvorada do Sul, as quais estão organizadas na produção de alimentos com base nas técnicas da produção orgânica e criação de pequenos animais. As atividades em desenvolvimento são: - Apicultura, com a criação de abelhas visando produção de mel; - Cultivo de milho para silagem, alimento usado na seca; - Criação de frangos semi caipiras para consumo doméstico e venda do excedente; - Criação de coelhos para consumo domésticos; - Organização de horta na produção de verduras e legumes. Tais atividades foram iniciadas nos anos de 2017 e 2018, em parceria com professor Euclides da FCA, e a proposta é consolidar essas ações, estruturando-as, com vistas a melhoria alimentar das famílias e comercialização para geração de renda, em atividades que contam com as mulheres a frente dos projetos. A intenção com esse projeto é contribuir nos trabalhos que as mesmas vem desenvolvendo, fomentando suas atividades com palestras sobre técnicas de produção e de transformação de produtos, aumentando os conhecimentos do grupo, fortalecendo o trabalho cooperado, e a diversificação na produção e na transformação da mesma. Além da troca de experiências/conhecimentos visando melhoria na produção dos grupos, pretendemos produzir debater sobre a importância do trabalho cooperado e os meios para que o grupo se integre a outros grupos, visando seu fortalecimento e propagação de seus saberes.
Palavras-chave
   mulheres assentadas, produção, geração de renda e autonomia
Público-Alvo
  Trabalho com grupo de mulheres e homens assentados no assentamento Ranildo da Silva (Município de Nova Alvorada do Sul), localizados em Mato Grosso do Sul, dando continuidade nos trabalhos de extensão desenvolvidos nos anos de 2017 e 2018.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar