«« Voltar
Produção de coelhos na agricultura familiar, Comunidade Itamarati (ODS 12)
Protocolo do SIGProj:   310275.1731.17957.11082018
De:01/01/2019  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Andréa Maria de Araújo Gabriel
Instituição
  UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
Unidade Geral
  FCA - Faculdade de Ciências Agrárias
Unidade de Origem
  Zoo. - Zootecnia
Resumo da Ação de Extensão
  A preocupação com atividades produtivas sustentáveis é emergente, onde se busca por atividades que simultaneamente melhorem a condição de vida das populações e conservem o meio ambiente. Assim o coelho pode ser considerado como animal estratégico e a cunicultura como atividade produtiva sustentável. Este projeto propõe implantar criação de coelhos em uma perspectiva estratégica de diversificação na agricultura familiar. Para tanto, será incentivada a criação de coelhos em grupos já formados na comunidade de assentados no Itamarati, Ponta Porã, MS. Este grupo desenvolve horticultura com base nas técnicas da produção orgânica, onde existem sobras de hortaliças. Essa associação dos excedentes da horta com criação de animais herbívoros mostra-se como uma atividade promissora, onde os resíduos da horta poderá suprir parte da alimentação do coelho e assim ter-se-á uma atividade produtiva que propiciara geração de renda e fonte de proteína, permitindo melhoria na condição das famílias e, especialmente, autonomia do grupo. Assim entre janeiro a dezembro de 2019 será implementada a criação de coelhos na comunidade com doação de animais da raça Nova Zelândia ou mestiços, com idade média de 45 a 60 dias, provenientes de acasalamentos de matrizes e reprodutores alojados nas dependências da Fazenda Experimental de Ciências Agrárias da UFGD. Além das doações, serão efetuados acompanhamento mensal e orientações teóricas e práticas empregadas na atividade. A execução das mesmas contará com participação de discentes, docentes da UFGD e técnicos da APOMS na acessória da horticultura. Os resultados das ações serão divulgadas por meio de reuniões, palestras e de publicações.
Palavras-chave
   sustentabilidade, cunicultura, assentados, extensão rural
Público-Alvo
  Agricultores familiares moradores do Assentamento Itamarati, localizado no Município de Ponta Porã - MS, que desenvolvem atividade de horticultura orgânica e demais interessados na cultura em questão.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Não se aplica
«« Voltar