«« Voltar
Educação ambiental na preservação e conservação de orquídeas nativas para estudantes e professores da Escola Estadual Nova Itamarati (ODS 15)
Protocolo do SIGProj:   310085.1731.190944.13082018
De:01/01/2019  à  31/12/2020
 
Coordenador-Extensionista
  José Carlos Sorgato
Instituição
  UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados
Unidade Geral
  FCA - Faculdade de Ciências Agrárias
Unidade de Origem
  Agro. - Agronomia
Resumo da Ação de Extensão
  O Assentamento Itamarati possui áreas de Reserva Legal e de Preservação Permanente com vegetação nativa do Bioma Cerrado. Essas reservas representam um dos primeiros passos para envolver a sociedade civil para a produção e conservação da diversidade biológica do Mato Grosso do Sul. Existem no Cerrado brasileiro, 285 espécies de orquídeas distribuídas em 67 gêneros, sendo que no Mato Grosso do Sul são encontradas 90 espécies distribuídas em 40 gêneros. A manutenção dessas espécies no seu ecossistema natural é de grande importância, pois as orquídeas são grandes indicadores da qualidade ambiental. Contudo, devido à beleza de suas flores, as plantas dessa família botânica têm sido retiradas de suas áreas naturais a partir da ação extrativista, por colecionadores, comerciantes, orquidófilos e população em geral. Diante do exposto, objetiva-se com esta proposta de trabalho promover a educação ambiental na preservação e conservação de orquídeas nativas para estudantes, professores da Escola Estadual Nova Itamarati e toda comunidade local interessada. Além de capacitar tecnicamente acerca da propagação e cultivo dessas plantas.
Palavras-chave
   propagação, reintrodução, Orchidaceae, extrativismo
Público-Alvo
  Estudantes e professores da Escola Estadual Nova Itamarati. Discentes, docentes e técnicos do Grupo de Ensino e Pesquisa em Horticultura Ornamental da Universidade Federal da Grande Dourados.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar