«« Voltar
Noções Básicas de Cooperativismo e Empreendedorismo Social
Protocolo do SIGProj:   307562.1713.295049.24052018
De:30/07/2018  à  30/12/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Gustavo Matarazzo Rezende
Instituição
  IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Unidade Geral
  PRX - Pró Reitoria de Extensão
Unidade de Origem
  CPV - Capivari
Resumo da Ação de Extensão
  A presente proposta se caracteriza pelo oferecimento de curso de extensão que inter-relacione conhecimentos, de maneira inicial, sobre as temáticas do cooperativismo e do empreendedorismo social. Nota-se, com certa frequência, a ausência de material didático e de experiências formativas a respeito desses temas que contemplem a região em questão. A oferta de cursos que se baseiem nesses conhecimentos, torna-se uma possibilidade de capacitação de sujeitos interessados ou pertencentes a organizações desse tipo. Tais organizações podem ser denominadas como alternativas, já que não se encontram nem no setor privado nem no público, mas em um terceiro setor. Sabe-se que, de maneira geral, os conhecimentos sobre gestão orbitam às organizações do setor privado e público, no entanto, há diversas técnicas e noções que são caras a esses outros tipos de organizações. Portanto, pretende-se, de forma introdutória, fomentar o cooperativismo e o empreendedorismo social enquanto propulsores para a formação de organizações, que possam posteriormente atuar enquanto vetores de desenvolvimento do território. Nesse sentido, o presente curso se estabelece como estrutura inicial que possibilite o engendramento de organizações preocupadas com a articulação entre o trabalho e a renda, a fim de que formas alternativas de se organizar possam ser contempladas com conhecimentos específicos alicerçados em outras experiências e nas ciências.
Palavras-chave
   Cooperativismo, Empreendedorismo Social, Trabalho, Renda, Desenvolvimento.
Público-Alvo
  O público-alvo do presente curso se trata de pessoas interessadas por temas como cooperativismo e empreendedorismo social. A ideia é aliar as dimensões do trabalho e renda, logo, visa-se como público: sujeitos em estado de vulnerabilidade social; projetos incipientes já registrados por organizações que atuam no território; e grupos organizados em busca de formalização.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar