«« Voltar
Introdução ao tênis
Protocolo do SIGProj:   306987.1713.277363.17052018
De:30/07/2018  à  30/12/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Felipe Augusto Arakaki
Instituição
  IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Unidade Geral
  PRX - Pró Reitoria de Extensão
Unidade de Origem
  PEP - Presidente Epitácio
Resumo da Ação de Extensão
  Trata-se de uma proposta que visa oportunizar o acesso e a prática do tênis como Esporte Educacional, que de acordo com Lei Pelé (Lei n. 9.615, de 24/05/1998) é indicado para ser trabalhado por intermédio dos sistemas de ensino e formas assistemáticas de educação, evitando a seletividade, a hipercompetitividade entre os praticantes, sem distanciar-se da finalidade de auxiliar no desenvolvimento integral e a formação para a cidadania e o lazer. Durante o desenvolvimento do projeto, os cursistas terão oportunidade de praticar o tênis, uma vivência rica que que possibilita a ampliação dos conhecimentos prévios quanto às regras deste esporte, além de uma sensível melhoria do condicionamento físico relacionado às exigências cardiorrespiratórias e motoras necessárias para o desenvolvimento dos movimentos básicos do tênis; e, também, terão um espaço para integração e socialização em grupo, fortalecendo assim as relações interpessoais, inerentes às práticas esportivas. As aulas acontecerão duas vezes por semana e terão duração de 75 minutos, no total de dezesseis semanas. As aulas serão realizadas no ginásio do câmpus e em outros espaços externos, conforme adesão de outras instituições da comunidade local. Espera-se com a oferta do curso, criar uma familiaridade do tênis, um esporte considerado de elite, aproximando assim a comunidade de uma prática possível do tênis. Espera-se, ainda, que os cursistas, principalmente as crianças e adolescentes, se sintam acolhidos e estejam menos sujeitos às situações de riscos.
Palavras-chave
   Tênis, atividade física, inclusão social
Público-Alvo
  Serão ofertadas turmas para crianças a partir de 6 anos, adolescentes, adultos e idosos desde que tenham condições físicas para cursar a atividade deverão obrigatoriamente comprovar por meio de atestado médico, estar apto a realizar a atividade física. O curso busca criar turmas em parceria com escolas públicas e outras instituições que atendam pessoas carentes e/ou em situação de vulnerabilidade social, observada a compatibilidade de horários do instrutor e demais colaboradores.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar