«« Voltar
Formação cultural, preconceito e educação
Protocolo do SIGProj:   305989.1713.260872.16052018
De:30/07/2018  à  30/12/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Luciane Cristina Pinheiro
Instituição
  IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Unidade Geral
  PRX - Pró Reitoria de Extensão
Unidade de Origem
  PEP - Presidente Epitácio
Resumo da Ação de Extensão
  A proposta de curso aqui apresentada orienta-se pela abordagem dos temas 'formação cultural' e 'preconceito' e as relações estabelecidas entre estes na dinâmica social brasileira. Em resumo, entende-se a formação cultural como resultante dos múltiplos e diferentes processos educativos e experimentações que uma pessoa pode desenvolver ao longo de sua trajetória, e os preconceitos como pré-julgamentos (frequentemente não fundamentados e/ou desconectados da realidade social) que agem estreitando a forma de perceber e compreender o mundo ao redor. Esses estreitamentos tendem a gerar uma obstrução da capacidade de análise dos indivíduos sobre seu meio, de suas possibilidades de experiência e de convivência harmoniosa, e do próprio processo formativo, subsidiando, muitas vezes, atitudes violentas (sobretudo contra grupos socialmente fragilizados e marginalizados). Dessa maneira, o curso pretende pôr em discussão os aspectos gerais da educação e da formação cultural correntes, bem como os mecanismos que causam e perpetuam os pré-julgamentos e ideias pré-estabelecidas (preconceitos) circulantes em nosso cotidiano e que participam incisivamente na manutenção das muitas desigualdades estruturais desse modelo de sociedade. O objetivo primordial do curso é, então, utilizar o aporte teórico da Pedagogia, da Sociologia, da Antropologia, da Filosofia, da História, da Psicologia (entre outros ramos da ciência) para se compreender a situação concreta da sociedade brasileira no que se refere ao frequente exercício e propagação dos preconceitos, à violência que estes reforçam e à crescente obliteração das possibilidades de uma formação cultural e educacional mais ampla dos indivíduos.
Palavras-chave
   Formação cultural, preconceito, educação, sociedade, violências.
Público-Alvo
  Docentes da educação básica, estudantes de cursos de licenciatura e interessados em geral.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar