«« Voltar
TRAJETÓRIAS RECENTES DA SEMI-PERIFERIA NO SISTEMA MUNDO (Cópia) 12-03-2018
Protocolo do SIGProj:   299515.1645.163181.12032018
De:14/03/2018  à  14/07/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Maíra Baé Baladão Vieira
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Viamão - Câmpus Viamão - Pesquisa
Unidade de Origem
  P&I - Pesquisa e Inovação
Resumo da Ação de Extensão
  As atuais taxas de crescimento obtidas por grande parte das economias emergentes e sua atuação internacional relevante nas mais diversas esferas políticas é fenômeno bastante recente na história econômica. O protagonismo adquirido por estes países é elemento disruptivo da ordem global capitalista que vigorou desde seu surgimento, mediante a organização das nações no Sistema Mundo em três distintos estratos, periferia, núcleo orgânico e semi-periferia. A investigação da relação entre a presente fase de ascensão dos países emergentes na divisão internacional do trabalho e as mudanças transcorridas no sistema monetário internacional desde meados da década de 1970 é o tema de pesquisa proposta no presente projeto. A hipótese de trabalho considera que a desregulamentação da atividade financeira associada às políticas macroeconômicas adotadas pelos países centrais a partir da década de 1970 propiciou a financeirização da economia mundial o que, por sua vez, reorientou os fluxos de capitais para as economias emergentes permitindo sua ascensão e melhoria em sua posição ocupada na divisão internacional do trabalho.
Palavras-chave
   Sistema Mundo, semi-periferia, economia internacional, relações internacionais
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade CONCLUÍDA
Contato
  
«« Voltar