«« Voltar
Incubadora de Redes e Empreendimentos Solidários - IFRS Campus Osório
Protocolo do SIGProj:   297279.1585.238884.04032018
De:01/05/2018  à  30/11/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Sergio Roberto Kapŕon
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Osório - Câmpus Osório - Extensão
Unidade de Origem
  EXT - Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  A Incubadora de Redes e Empreendimentos Solidários do IFRS-Osório é um programa interdisciplinar e participativo de produção de conhecimento e de promoção de ações que favoreçam o dinamismo econômico, cultural, social e político do Litoral Norte gaúcho, aliado à melhoria da qualidade de vida de sua população. O programa objetiva incubar empreendimentos solidários singulares com potencial econômico para melhoria das condições de vida e autonomia de seus trabalhadores/as, buscando a ampliação de serviços produtivos, geração de tecnologias sociais adequadas, ações cooperadas e em rede, ampliação da comercialização e inserção dos empreendimentos nos espaços de governança e coordenação existentes, bem como seu estímulo e aprimoramento. O programa divide-se em quatro fases, sendo a fase 1 (publicação e seleção de empreendimentos com viabilidade e perfil de incubação) e 2 (elaboração de diagnóstico interdisciplinar e participativo da situação dos empreendimentos selecionados, bem como da cadeia/rede produtiva que envolve o empreendimento e desenvolvimento de “Plano Específico de Incubação”) de pré-incubação; a fase 3 (com rotinas de assessorias conjuntas com o empreendimento e com toda a equipe e assessoria pontual das áreas contempladas) de incubação; e a fase 4 de pós-incubação ou desincubação (quando o empreendimento é desligado gradativamente da Incubadora, com reuniões periódicas e adesão à “rede local de economia solidária”). Espera-se também articular com o curso de Análise de Sistemas, para o desenvolvimento futuro de Tecnologias Sociais, como ferramentas abertas de software para a gestão (incluindo o plano potencial de produção e oferta) e portais web (para comunicação e venda aos consumidores finais).
Palavras-chave
   Economia solidária, Redes de cooperação, Trabalho, Desenvolvimento local
Público-Alvo
  - Famílias de produtores de baixa renda da agricultura familiar,ainda não cooperadas. Além disso, serão identificadas outras possibilidades de empreendimentos solidários entre a população de baixa renda, nos ramos da pesca, cultura, turismo, reciclagem entre outras. = até 2 empreendimentos = média de 100 pessoas - Redes autogestionada e solidária para cooperativas de agricultura familiar da região do Litoral Norte (em rede com cooperativas de outras regiões) = 1 rede (de 4 cooperativas) - 780 famílias = em torno de 2.140 pessoas;
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar