«« Voltar
IFRS E PRÁTICAS EDUCATIVAS COM GRUPO DE ESTRANGEIROS EM ERECHIM
Protocolo do SIGProj:   295731.1585.281385.01032018
De:01/05/2018  à  30/11/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Adriana Troczinski Storti
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Erechim - Câmpus Erechim - Extensão
Unidade de Origem
  EXT - Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  Este Projeto, aqui intitulado como “IFRS E PRÁTICAS EDUCATIVAS COM GRUPO DE ESTRANGEIROS EM ERECHIM” é composto por algumas ações que visam auxiliar, especialmente aos haitianos, senegaleses e ganeses que residem no município de Erechim. Estes imigrantes (que podem ser aqui também chamados de migrantes dada sua constante troca de sede) chegam até o município advindo, muitas vezes de outras cidades brasileiras, mas oriundos de seus países de origem, onde segundo estes imigrantes, carecem de ofertas de saúde e de qualidade de vida. Em busca de novas oportunidades e desta melhorias de condições individuais e para suas famílias, vem chegando de forma mais intensa no Brasil e também na região e Erechim, nos últimos anos. Estes estrangeiros vivem uma grande dificuldade todos os dias – o conhecimento da língua portuguesa, para poderem assim, buscar trabalho e saúde aqui, aspectos fundamentais para a sobrevivência de uma pessoa em um novo país. Portanto, este projeto visa auxiliar com algumas ações de conhecimento da língua portuguesa para estes estrangeiros; assim como curso de formação em corte e costura, que objetiva gerar oportunidades para próprios produtos artesanais que possam ser vendidos no futuro, gerando renda própria para seu sustento e contribuindo assim com a qualidade de vida na cidade de Erechim. Ressalta-se que este projeto, além dos cursos, integrará discussões e debates em reuniões específicas com estes estrangeiros e comunidade regional em momentos de integração entre participantes do projeto - estrangeiros - e IFRS.
Palavras-chave
  
Público-Alvo
  Este projeto está delineado em conjunto com outras entidades educacionais, políticas, sociais e religiosas de Erechim, e visa como público-alvo chegar aos cerca de 120 haitianos, senegaleses e ganeses que neste momento encontram-se vivendo em Erechim. Atende à área temática de Direitos Humanos e Justiça, e linha de extensão Grupos sociais e vulneráveis, quando se observa que estes imigrantes chegam até Erechim sem terem conhecimento de aspectos de educação, saúde, moradia e trabalho. Considerando a atuação conjunta com outras entidades, o IFRS voltar-se-á para ações de capacitação e cultura, valorizando estes imigrantes também em momentos de intercâmbios com corpo docente e discente do IFRS Erechim.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Babu Gai - Responsável pela Associação ASAFER, parceira deste projeto
«« Voltar