«« Voltar
Desafios lógicos
Protocolo do SIGProj:   294423.1585.226030.01032018
De:01/05/2018  à  30/11/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Ana Dionéia Wouters
Instituição
  IFRS - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul
Unidade Geral
  Ibirubá - Câmpus Ibirubá - Extensão
Unidade de Origem
  EXT - Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  O desenvolvimento do raciocínio lógico nos alunos é uma necessidade para fazê-los pensar de forma mais crítica acerca dos conteúdos das diferentes disciplinas e das mais diversas áreas do conhecimento, tornando-os mais argumentativos com base em critérios e em princípios logicamente validados. Observa-se que o ensino da lógica geralmente é tratado nas primeiras fases da aprendizagem, onde os alunos devem aprender a desenvolver o raciocínio lógico para auxiliar na resolução de problemas. As consequências do desenvolvimento não eficaz desta “capacidade” refletem futuramente, quando os estudantes passam a se deparar com níveis cada vez mais elevados de situações em que precisam agir de forma lógica e organizada. Entretanto é comum encontrar alunos universitários com dificuldades de interpretação, por não terem sido alfabetizados para entender o que está “por trás” daquilo que está escrito, ou seja, o real significado e contexto. Da mesma forma que na leitura ou escrita, o raciocínio lógico na resolução de problemas matemáticos é um fator de extrema importância. É fundamental que os alunos compreendam e raciocinem sobre o que está sendo proposto e não somente decorem e apliquem fórmulas. Diante de tais dificuldades é necessário que o raciocínio lógico seja desenvolvido desde as primeiras etapas, sendo que o uso de jogos e desafios lógicos assistidos eventualmente por tecnologias interativas e lúdicas, como jogos educacionais, programação e/ou robótica, podem contribuir de forma motivadora para isto.
Palavras-chave
   Aprendizagem, Raciocínio, Lógica, tecnologias
Público-Alvo
  O projeto incluirá a aplicação de atividades que visem o desenvolvimento do raciocínio lógico, e para tanto selecionou-se como público alvo os alunos e servidores do Campus Ibirubá, bem como instituições de ensino do município, principalmente a ONG Filhos do Coração, o Centro Social Floresta e a Escola Estadual Edson Quintana, atendendo a comunidade de educação básica.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Apresentação do trabalho/projeto na ONG Filhos do Coração, no centro social Floresta, na escola estadual Edson Quintana, bem como em outras instituições que venham a manifestar interesse durante o decorrer do projeto.
«« Voltar