«« Voltar
Língua Brasileira de Sinais: Libras eu falo!
Protocolo do SIGProj:   293300.1639.277138.08022018
De:05/02/2018  à  17/04/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Leandro Andrade Fernandes
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  CUT - Campus de Tocantinópolis
Unidade de Origem
  PED - PEDAGOGIA (Licenciatura)
Resumo da Ação de Extensão
  A sociedade está vivenciando uma mudança de paradigmas de atendimento, às pessoas com deficiências, processo denominado de inclusão. A inclusão deve atender a todos os alunos, e estes devem frequentar as salas de aula do ensino regular, incluindo entre estes os alunos com deficiência auditiva. Devida a modalidade de comunicação dos surdos, sendo esta viso-espacial, e a língua majoritária do Brasil a língua portuguesa na modalidade oral, em muitos casos ocorre a exclusão dos referidos alunos dentro das salas de aula. A barreira de comunicação entre os alunos surdos e os professores regentes da sala de aula, deve-se pela falta de formação dos professores. Pensando nisso, compartilhamos a concepção que a inclusão escolar deve ter um sentido amplo, incluindo e não apenas integrando os alunos com necessidades educacionais especiais na sala de aula, adaptando a escola às necessidades dos estudantes. Logo é a escola que deve se adaptar aos alunos, para melhor atendê-los, respeitando suas necessidade e o tempo de casa aluno. Pelo fato de que muitos cidadãos desconhecem a Libras, ocasionado pelo déficit de seu ensino em escolas regulares ou na Educação Especial. Por este motivo, desenvolvemos o presente curso de aperfeiçoamento intentando contribuir com a formação dos professores da rede estadual de educação, proporcionando aos mesmos o conhecimento da Libras, e a oportunidade de comunicação entre estes e seus alunos surdos, além de facilitar a estes autonomia na comunicação entre eles e seus alunos.
Palavras-chave
   Libras, Educação de Surdos, Ensino e aprendizado.
Público-Alvo
  Professores da rede pública de ensino.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar