«« Voltar
EFEITO DO CONDICIONAMENTO ÁCIDO EM DOIS TIPOS DE CIMENTO DE IONÔMERO DE VIDRO FORRADOR: CONVENCIONAL E MODIFICADO POR RESINA
Protocolo do SIGProj:   290633.1430.258736.29122017
De:20/02/2018  à  20/02/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Mariane Emi Sanabe
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAODO - Faculdade de Odontologia
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  Entre as limitações do CIV destacam-se aquelas relacionadas ao tempo de presa e aos processos de sinérese e embebição. Desta maneira, quando submetido ao condicionamento ácido, o CIV forrador pode apresentar deficiências na sua presa final e suas propriedades. O objetivo deste estudo será avaliar propriedades físicas e químicas de dois tipos de CIV forrador: convencional e modificado por resina, após o condicionamento ácido. Para os ensaios mecânicos de microcisalhamento, microdureza e nanoinfiltração serão utilizados 144 incisivos bovinos que serão divididos em dois grupos: G1 (Vidrion F) e G2 (Vitrebond), subdivididos em 2 subgrupos condicionado após ou previamente à inserção do material e armazenados por 24 horas e 30 dias. Após o período de armazeagem, os dentes serão seccionados ao meio, sendo que uma das metades será submetida ao protocolo de nanoinfiltração em AgNO3 e observadas em MEV e a outra será utilizada para analisar a DV com um microdurômetro com indentador de diamante Knoop calibrado em 25g / 30s. Para o microcisalhamento será realizada na máquina de ensaios mecânicos a 0,05mm/min, até a ruptura do material. Os corpos de prova de CIV, serão utilizados para realizar a analise de liberação de flúor 24h e 30 dias. Os dados obtidos para cada ensaio serão tabulados e submetidos a análise estatística separadamente.
Palavras-chave
   : Cimentos de Ionômeros de Vidro, testes de dureza, resistência ao cisalhamento, ataque Ácido Dentário.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar