«« Voltar
Trajetórias desde o global ao local em políticas de avaliação educacional na América Latina: um estudo internacional em rede
Protocolo do SIGProj:   290626.1430.151520.30122017
De:19/02/2018  à  28/02/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Fabiano Antonio dos Santos
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAN - Câmpus do Pantanal
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  Esta pesquisa tem como temática investigativa a avaliação externa aplicada ao contexto escolar. Este tipo de avaliação ganha destaque nos anos 1990, quando grande parte dos estados latino-americanos passam por reformas importantes. Desde aquele período, vai se construindo uma agenda internacional para a educação cujo foco é a mensuração da educação. Neste contexto, percebe-se que a agenda internacional para a educação tem como seus principais mandatários os Organismos Multilaterais (OM). O principal objetivo da pesquisa é mapear os usos que Brasil, Chile, Colômbia e México fazem das avaliações externas, identificando aspectos comuns e distintos entre os referidos países. A pesquisa será realizada através da análise de documentos produzidos pelos OM mais influentes nas políticas de avaliação educativa em cada país, além da análise dos principais documentos nacionais, responsáveis por orientar o processo de avaliação externa nas escolas. Após as primeiras análises, será realizado cruzamento entre os usos comuns da avaliação propostos em cada país, a fim de traçar um panorama geral para a região. Com isso, espera-se produzir um estudo que aponte os usos que se tem feito das avaliações externas na América Latina.
Palavras-chave
   Avaliação externa, América Latina, Organismos Multilaterais
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar