«« Voltar
Regime hidrológico e transporte de sedimentos do rio Paraguai na região de Corumbá-MS
Protocolo do SIGProj:   290530.1430.23768.27122017
De:20/02/2018  à  20/12/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Aguinaldo Silva
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAN - Câmpus do Pantanal
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  O trecho do rio delimitado para área de estudo abrange o canal fluvial e a planície de inundação integrando um complexo sistema fluvial. Neste segmento o rio flui num trecho retilíneo condicionado por uma falha geológica. O estudo proposto possui a finalidade de conhecer as características geomorfológicas e hidrossedimentológicas do segmento do rio que compreende o trecho entre a foz do canal Tamengo até a confluência do Paraguai Mirim com o rio Paraguai próximo a cidade de Ladário no estado de Mato Grosso do Sul. Para o desenvolvimento da pesquisa alguns procedimentos serão necessários: processamento de imagens de satélites para serem estabelecidos pontos de amostragem no rio Paraguai para a coleta de dados que ocorrerão de modo periódico seguindo o regime de cheia e seca do rio e desta forma ter um melhor entendimento da dinâmica do rio (transporte de sedimentos e vazão), sistematização e divulgação dos resultados. Espera-se com a execução do projeto a construção de um banco de dados a partir de imagens de satélites que permita entender a evolução geomorfológica do canal e os processos atuantes, formar recursos humanos e contribuir para a consolidação de pesquisa na área da Geomorfologia Fluvial
Palavras-chave
   Rio Paraguai, dinâmica fluvial, Pantanal Mato-Grossense.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar