«« Voltar
OS BOLIVIANOS DO LADO DE CÁ DA FRONTEIRA: PRODUÇÃO DO ESPAÇO E CONFLITOS
Protocolo do SIGProj:   290264.1430.2967.19122017
De:20/04/2018  à  20/07/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Maria Cristina Lanza de Barros
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAN - Câmpus do Pantanal
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  A vivência nessa área de fronteira tem demonstrado um crescimento e uma ocupação dos espaços da cidade de Corumbá pelos bolivianos, formando, assim, um outro território e construindo uma fronteira que não é aquela dos limites físicos, mas, sim, a fronteira dentro do território brasileiro. Disputam espaço com os moradores de Corumbá/MS em diversos bairros da cidade; vagas nas Escolas do Município; leitos hospitalares, atendimento de Unidades Básicas de Saúde e participam ativamente nos rumos políticos da cidade com seus votos. Essa presença constante tem gerado conflitos que se verbalizam e são visíveis no cotidiano da área em questão. Recentemente, surgiu uma polêmica que chamou a atenção de todos os que convivem nessa área, os bolivianos, eleitores brasileiros, definindo os rumos eleitorais da cidade. Essa presença evidenciou como os bolivianos, que moram do lado brasileiro e muitos que vivem do outro lado da fronteira, interferem no território e definem os rumos desse território, que, embora não seja o seu, é o que está se delineando nesse espaço, novos territórios e muitos de conflitos. A preocupação presente neste projeto é formalizar, por meio do estudo, uma situação que se desenha, visivelmente, nessa região de fronteira. É necessário aprofundar e investigar esse território que, aos poucos, vai se moldando com a presença dos bolivianos na cidade de Corumbá/MS. As relações que se estabelecem entre fronteiriços, motivados pela busca de complementariedade em setores,como, saúde, educação, comércio e outros serviços, cria um ambiente de disputas constantes entre os territórios que se desenham na cidade.
Palavras-chave
   Fronteira, Território, confliots
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar