«« Voltar
Resolução de Conflitos pela Comunicação Não-Violenta
Protocolo do SIGProj:   289786.1565.211079.15122017
De:02/03/2018  à  02/08/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Vânia Gomes
Instituição
  IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Unidade Geral
  PRX - Pró Reitoria de Extensão
Unidade de Origem
  SLT - Salto
Resumo da Ação de Extensão
  A Comunicação Não-Violenta foi proposta por Marshall Rosenberg, como uma técnica de diálogo centrada na pessoa a partir de quatro elementos: fato-sentimento-necessidade-pedido. A resolução de conflitos verbais e de problemas de ação é dificultada por interferências emocionais, em que os próprios agentes do conflito não reconhecem com precisão suas necessidades e seus sentimentos, gerando solicitações ou admoestações genéricas, que resultam em novos conflitos. Para substituir esse círculo vicioso é necessário propor um círculo virtuoso em que a pessoa retorne a si mesma no ambiente do conflito, perceba os elementos que a desviam de uma solução que atendam suas necessidades e as necessidades do grupo, conhecidas previamente, a partir da descrição da situação - e não do julgamento sobre a situação. Os dez encontros percorrem desde o princípio que rege a proposta da CNV, que é o da não-violência, passando por cada um dos elementos da técnica numa didática de aprendizagem-desaprendizagem, que consiste em evidenciar os maus hábitos de comunicação e diálogo ao mesmo tempo em que se mostra os benefícios da comunicação não-violenta. Essa didática consiste em atividades prática-teóricas, em que por dinâmicas de grupo são apresentados os elementos da CNV, que já estão presentes em nossa cultura, mas que, via de regra, são preteridos por meio de ações intempestivas e impositivas. Pela prática da observação de si e do grupo, as pessoas desenvolvem maior precisão em seu modo de se relacionar, reduzindo o stress, elevando a produtividade e a efetividade dos diálogos.
Palavras-chave
   educação, pacifismo, relações humanas
Público-Alvo
  Pessoas cuja atividade profissional implique em situações de mediação e resolução de conflitos. Cidadãos da comunidade em geral que buscam técnicas de diálogo eficazes em sua vida pessoal, familiar e profissional.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar