«« Voltar
Análise Física de Solos Reforçados Quimicamente
Protocolo do SIGProj:   289307.1530.194725.08122017
De:08/12/2017  à  08/12/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Daniel Anijar de Matos
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAENG - Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia
Unidade de Origem
  Gab/Dir - Gabinete do Diretor
Resumo da Ação de Extensão
  Devido ao grande boom causado pelo desenvolvimento econômico do país, juntamente com o avanço da lei ambiental, se torna cada vez mais necessário encontrar materiais que possam prover um bom resultado aliado com a responsabilidade ambiental. Souza (2008) considera a “reciclagem” na construção civil totalmente benéfica, diminuindo a poluição, e consequentemente, enchentes, assoreamentos, e outras problemáticas relacionadas ao vetor. Uma das alternativas, mais especificamente na construção de rodovias está a inserção de cimento ao solo, tornando o mesmo estabilizado quimicamente. Primeiramente, será coletado uma amostra de solo significativa para a utilização no ensaio. A amostra de solo coletada deve segundo a NBR 9604:1986 que define as condições para a coleta, lembrando que serão pontos selecionados que nāo tenha havido interferências anteriores, reduzindo assim suas propriedades naturais. Em seguida será realizada uma revisão bibliográfica, tendendo a encontrar os teores ótimos de cimento para massa, obtendo-se diferentes misturas para cada teor de cimento.
Palavras-chave
   estabilização química de solos, solo-cimento, pavimentação rodoviária
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
  
«« Voltar