«« Voltar
AVALIAÇÃO DO REPARO DA REGIÃO PERIAPICAL DOS CANAIS RADICULARES APÓS O TRATAMENTO E/OU RETRATAMENTO ENDODÔNTICO NÃO-CIRÚRGICO: UM ESTUDO RETROSPECTIVO DE 2456 CASOS REALIZADOS POR UM ESPECIALISTA
Protocolo do SIGProj:   289256.1430.221974.19122017
De:28/12/2017  à  30/06/2023
 
Coordenador-Extensionista
  Jefferson José de Carvalho Marion
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FAODO - Faculdade de Odontologia
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  O objetivo da endodontia é promover a limpeza dos canais radiculares, pois a presença de micro-organismos é um dos fatores responsáveis pela instalação e manutenção das patologias pulpares e periapicais, as quais estão intimamente relacionadas com os insucessos do tratamento endodôntico, ocasionando a necessidade de reintervenção. O preparo biomecânico dos canais radiculares, a utilização das soluções irrigadoras e o emprego da medicação intracanal entre as sessões proporcionam uma significativa redução no número de micro-organismos presentes no interior do sistema de canais radiculares. Após a obturação do canal radicular, processa-se uma série de transformações nos tecidos lesados, cuja finalidade é o reparo das estruturas destruídas. A natureza do reparo periapical varia de acordo com o tratamento empregado e é rotineiramente avaliado com base no desaparecimento dos sintomas e no retorno dos pontos normais de referência nas radiografias. O tempo necessário à reparação não é uniforme em todos os casos, dependendo da anatomopatologia da lesão, do grau de irritação ligado ao tratamento realizado, e das condições próprias do indivíduo, podendo variar de seis meses a cinco anos. O presente estudo tem por objetivo a análise clínico-radiográfica de 2456 prontuários de pacientes submetidos a terapia endodôntica não-cirúrgica realizada por um único operador em seu consultório particular, considerando-se o sucesso em relação a condição pulpar e perirradicular, a modalidade da intervenção, a técnica utilizada, o número de sessões operatórias, a medicação intracanal preconizada, o nível de obturação do canal radicular e o reparo periapical.
Palavras-chave
   Endodontia, Hidróxido de Cálcio, Canal Radicular, Microrganismos, Retratamento
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar