«« Voltar
EFICÁCIA DE EXTRATOS E ÓLEOS ESSENCIAS DE ESPÉCIES DA FAMILIA FABACAE NO CONTROLE DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI
Protocolo do SIGProj:   287856.1530.202526.22112017
De:01/12/2017  à  01/12/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Alex Martins Machado
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  Doenças vetorias tem um grande impacto na saúde pública sendo responsáveis por quadros clínicos como: febre do Dengue, chikungunya, Zika e outras. Um dos métodos efetivos para controlar essas doenças é tornar os vetores alvo das ações, com o objetivo de interromper o ciclo de transmissão. Na última década, inúmeros estudos tem mostrado que produtos vegetais podem se tornar uma alternativa ao uso de inseticidas sintéticos, como larvicidas, inibidores de crescimento e reprodução, ovicidas e/ou impedindo a própria ovoposição. Nesse intuito, a presente pesquisa tem como objetivo a investigação da bioeficácia como inseticidas naturais, extratos botânicos e óleos essenciais de plantas da família Fabaceae. Os produtos obtidos serão testados contra estágios larvais de Aedes aegypti em condições de laboratório de acordo com protocolos estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde. As atividades ovicida, larvicida e inibição da emergência dos adultos serão monitoradas durante 24 a 48 horas pós-tratamento e testada pela exposiçãoo dos ovos e larvas a diferentes concentrações dos extratos e óleos essências. Os dados obtidos nos bioensaios serão submetidos à analise estatística e a concentração letal que levar a morte 50 e 90% da população será calculada com limite de confiança de 95%, utilizando o SPSS software versão 16.0.
Palavras-chave
   Aedes aegypti, Controle Vetorial, Extratos Botânicos. Óleos Essenciais.
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO PARCIAL
Contato
  
«« Voltar