«« Voltar
Diversidade nas línguas: Como realizamos noções de tempo e aspecto? (Cópia) 22-11-2017
Protocolo do SIGProj:   287773.1554.79748.22112017
De:12/03/2018  à  21/05/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Adriana Leitão Martins
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CLA - Centro de Letras e Artes
Unidade de Origem
  FL - Faculdade de Letras
Resumo da Ação de Extensão
  Estudos linguísticos comparativos mostram de que modo algumas línguas se assemelham e outras divergem entre si no que diz respeito à realização de noções que são amplamente codificadas nas línguas, como é o caso das realizações linguísticas de tempo e aspecto. Como a linguagem é característica exclusiva e definidora da espécie humana, o estudo das particularidades e das semelhanças entre as línguas tem possibilitado que linguistas conheçam mais profundamente a natureza da linguagem humana. Fora da área acadêmica, tanto professores quanto profissionais de diferentes áreas ligadas à comunicação e até mesmo pessoas de outras áreas profissionais podem ter interesse em conhecer mais sobre semelhanças e diferenças entre línguas. Dentro da área acadêmica, mais especificamente dentro da área de Letras, alunos da graduação das mais diversas habilitações têm acesso a muitas descrições das línguas ligadas às suas habilitações específicas, mas eventualmente não têm a possibilidade de exercitar a comparação entre diversas línguas no que tange o mesmo fenômeno linguístico (como os fenômenos de tempo e aspecto), o que pode contribuir, inclusive, com a prática profissional futura – seja na área de ensino de línguas ou de tradução – desses graduandos.
Palavras-chave
   linguística, estudos comparativos, tempo, aspecto
Público-Alvo
  Pessoas de dentro ou de fora da área acadêmica, como professores e profissionais de áreas ligadas à comunicação ou até mesmo de outras áreas, que tenham interesse em ter uma introdução a respeito de estudos comparativos entre línguas, mais especificamente, a respeito de estudos sobre semelhanças e diferenças na realização das noções de tempo e aspecto em diferentes línguas.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   adrianaleitao@ufrj.br
«« Voltar