«« Voltar
Musicalidade na Assistência à Saúde (Cópia) 22-11-2017
Protocolo do SIGProj:   287769.1554.253502.22112017
De:10/01/2018  à  10/01/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Mirhelen Mendes de Abreu
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  FM - Faculdade de Medicina
Resumo da Ação de Extensão
  Musicalidade na Assistência à Saúde é um projeto que visa a construção de um coletivo que reflita sobre o adoecimento crônico, tendo o lúpus eritematoso sistêmico como interesse comum. Utilizando-se da atividade musical como fio condutor, este projeto pretende desenvolver habilidades e saberes artísticos musicais em um grupo de indivíduos interessados no adoecimento crônico experimentado pelo indivíduo com alguma enfermidade reumatológica, incluindo tanto os pacientes, seus familiares, parceiros/parceiras e cuidadores ou cuidadoras. Por meio de oficinas de criação e apreciação musical executados através do piano de câmara na especificidade canto e piano em grupo, objetivamos trabalhar com a vinculação e o empoderamento do grupo supracitado, a fim de sensibilizá-los a um posicionamento crítico quanto as suas decisões em saúde. Como produto físico, este projeto é uma continuidade do que vem sendo trabalhado no ano de 2017. Para a próxima edição, visamos a solidificação do coral d pacientes e a estruturação do material didático em fase de exploração. Esse material deve ser cantado e musicalizado para piano e voz abordando a temática do adoecimento crônico, sobretudo das doenças reumáticas acoplada à linguagem musical. Esse material didático visa ao desenvolvimento de ações que possibilitem o bem estar do paciente, sua integração social, o resgate de habilidades relevantes para sua estabilidade emocional e controle da doença. O material didático a ser empregado pelos coordenadores do projeto almeja proporcionar ao grupo um olhar crítico referente ao processo de adoecimento, tais como indagações, mistificações, identificações, entre outros que permeiam o universo do adoecimento crônico.
Palavras-chave
   doenças reumáticas, qualidade da assistência, autonomia, musicalidade, camerata
Público-Alvo
  Indivíduos envolvidos direta ou indiretamente com a realidade do cuidado das doenças reumáticas, podendo incluir aquele ou aquela que possui a doença, seus familiares, cuidadores, parceiros e parceiras. Serão aceitos participantes de qualquer nível de escolaridade e qualquer estrato social.
Situação
  Atividade
Contato
   mir_abreu@hotmail.com coraldereumatologia.ufrj@gmail.com
«« Voltar