«« Voltar
Microbiologia e Inocuidade de Alimentos (MIA): da Indústria aos Serviços de Alimentação (Cópia) 21-11-2017
Protocolo do SIGProj:   287491.1554.129664.21112017
De:10/01/2018  à  10/01/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Karen Signori Pereira
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CT - Centro de Tecnologia
Unidade de Origem
  EQ - Escola de Química
Resumo da Ação de Extensão
  O ensino e a abordagem de conceitos de microbiologia de alimentos é um grande desafio para os profissionais da área de educação, bem como para seu público alvo: alunos, manipuladores de alimentos, empresários do setor alimentício, e, também, o próprio consumidor. A principal dificuldade reside no fato do perigo (os micro-organismos patogênicos) ser algo 'abstrato', invisível a olho nu. Adicionalmente, os números à respeito da alimentação fora de casa e do consumo de alimentos industrializados pela população vem apontando cada vez mais para um setor em expansão e com potencial crescimento. Assim, é de fundamental importância a realização de atividades que auxiliem na compreensão e assimilação de conceitos sobre os microrganismos e a contaminação de alimentos; bem como aquelas de avaliação da qualidade dos alimentos produzidos. No que tange à importância dos micro-organismos como agentes causadores de doenças e veiculados a partir de água e alimentos contaminados, é de extrema necessidade a conscientização, de todos os envolvidos nessa cadeia de produção, para a existência de um ecossistema microbiano tanto no ambiente de trabalho (utensílios, superfícies de manipulação, equipamentos, matérias-primas utilizadas) quanto na superfície de sua pele, cabelo, mucosas, roupas, etc. CONSCIENTIZÁ-LOS E CAPACITÁ-LOS sobre a importância da adoção de práticas higiênicas de trabalho e a relação das mesmas com a microbiologia é fundamental para a produção de alimentos seguros. Adicionalmente, e não menos importante, é necessário salientar como tais conceitos não podem ser dissociados das Legislações Sanitárias vigentes, e como estas podem auxiliar aqueles que produzem alimentos.
Palavras-chave
   Segurança de Alimentos, Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs), Boas Práticas de Fabricação, Inocuidade, Higiene
Público-Alvo
  O público alvo da ação pode ser dividido em dois. O primeiro deles, e mais diretamente relacionado à ação, serão os donos e funcionários dos serviços de alimentação atendidos pela proposta (Serviços de alimentação do CT/UFRJ, oito estabelecimentos), bem como das duas pequenas empresas. O segundo público alvo a ser considerado são os próprios consumidores. Pretende-se junto aos responsáveis pelos serviços de alimentação que sejam trabalhados mecanismos de informar o consumidor sobre inocuidade de alimentos e como evitar a transmissão de doenças por alimentos (folderes, cartazes, folhetos, etc). Ressalto que o trabalho realizado junto aos parceiros nesta ação de extensão não recebe nenhum pagamento que a configure como uma ação de consultoria remunerada. Realizaremos as análises microbiológicas, os diagnósticos e as ações educativas e de capacitação GRATUITAMENTE e o custo é coberto porque o laboratório MicrAlim - Microbiologia de Alimentos possui a infraestrutura e recursos (em boa parte oriundos de projetos de pesquisa por mim coordenados e parcerias) que mobiliza para a adequada execução da presente proposta. O outro pilar que sustenta esta ação, e vem sustentando, são as bolsas de extensão para os alunos. Diante disto, a importância deste recurso para a execução do projeto. Nesta edição, bem como na anterior, do projeto resolvemos focar e dar continuidade numa ação interna à UFRJ (Ilha do Fundão) e no Centro de Tecnologia para facilitar toda a logística de deslocamento dos envolvidos, uma vez que todos os envolvidos são docentes e alunos na instituição; isto também facilitará a inclusão de tal ação como parte do currículo de graduação dos alunos da instituição. Adicionalmente, trabalharemos junto a duas pequenas empresas de microempreendedores individuais: Bolin Tegral e uma de chá fermentado funcional. A primeira a se localizar na região de São Cristóvão e a segunda na ladeira dos Tabajaras em Copacabana.
Situação
  Atividade
Contato
  
«« Voltar