«« Voltar
Orientação e cuidados na manipulação/administração de insulinas para pacientes diabéticos
Protocolo do SIGProj:   287464.1554.297370.22112017
De:20/03/2018  à  20/03/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Marcos Vieira Ferreira
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  Macaé - Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira
Unidade de Origem
  univ - Polo Universitário
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto “Orientação e cuidados na manipulação/administração de insulinas para pacientes diabéticos” visa a otimização do tratamento da diabetes mellitus tipo I (DMI), insulinodependentes, com atuação na área de atenção básica do município de Macaé, especificamente na ESF Visconde de Araújo. A ação inicial se faz pela instrução e treinamento dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) sobre a conservação, manipulação, administração de insulina na população de diabéticos insulinodependentes atendidos pela unidade. Tal instrução passa pela implantação de um panfleto autoinformativo sobre o melhor armazenamento e sobre a manipulação/administração da insulina NPH que deverá ficar de posse do usuário. A fomentação da saúde manifesta-se como estratégia de transformação nos padrões assistenciais. Entende-se que a capacitação contínua ACS possam influenciar diretamente suas atuações frente ao paciente diabético e indiretamente empoderar o usuário de insulina com dados sobre a melhor utilização do medicamento e sua própria patologia. Neste processo, os profissionais da saúde são atores da promoção do conhecimento e transformam cada indivíduo responsável ativo pelo melhor desempenho do tratamento da diabetes mellitus e seus agravos.
Palavras-chave
   diabetes mellitus, insulinodependentes, insulina, capacitação, conservação
Público-Alvo
  O projeto incentiva a integração dos estudantes e do corpo docente com a equipe da unidade básica de saúde e com a comunidade. A proposta de extensão irá atender as diretrizes da Extensão Universitária adotadas pelo Fórum dos Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (FORPROEX), sendo elas: Interação dialógica, interdisciplinaridade e interprofissionalidade, indissociabilidade ensino/pesquisa/extensão, impacto na formação do estudante e impacto na transformação social. O projeto visa atuar inicialmente no programa de Estratégia de Saúde da Família do bairro Visconde de Araújo, no município de Macaé – RJ. Dentro deste princípio, os primeiros beneficiários desta iniciativa são os agentes Comunitários de saúde (ACS) que receberão instruções e treinamento necessário para o melhor cumprimento de sua atividade. Por consequência imediata, são também beneficiários os pacientes diabéticos insulinodependentes sobre a área de atuação de cada um destes ACS. Entendemos que os ACS, de posse de nova e contínua orientação e panfletos informativos, estarão em condições de fomentar a correta conservação e o adequado uso da insulina pelo público-alvo (pacientes diabéticos insulinodependentes) focados nos esperados resultados como melhor controle dos índices glicêmicos, melhor prevenção das complicações relativo a evolução da diabetes, melhora integração entre paciente/ACS/demais equipe médica destes paciente. Já os alunos participantes do projeto formarão o terceiro grupo de beneficiários pois receberão capacitação por meio de aulas expositivas sobre o tema da diabetes (sobre a patologia e sua evolução, o tratamento da diabetes, a conservação e manipulação das substâncias ministradas) e poderão ser integrados à realização prática do projeto.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar