«« Voltar
Sinalizações Planta- Ambiente: multiplicidade de olhares (Interação, Diversidade, Sustentabilidade e Arte)
Protocolo do SIGProj:   286977.1554.263637.20112017
De:10/01/2018  à  10/01/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Adriana Silva Hemerly
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  IBqM - Instituto de Bioquímica Médica
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto é uma parceria entre o LBMP/IBqM/UFRJ, o Nano/EBA/UFRJ e o JBRJ, que terá como missão desenvolver atividades voltadas para a educação e conscientização ambiental. As atividades envolverão a criação de oficinas e instalações artísticas com os quais o público interage, representando as sinalizações das plantas com o ambiente através de uma multiplicidade de olhares: o da Interação, Diversidade, Sustentabilidade e Arte. Esse tema mostra-se relevante, uma vez que atende a demanda de educação ambiental dentro das instituições formais de ensino e da sociedade em geral. Além de ampliar o tema diversidade ambiental ao DNA, também levará ao conhecimento e reflexão sobre agricultura e sustentabilidade. O trabalho artístico trabalhará com base em conceitos científicos sobre a vida vegetal para proporcionar uma experiência sensível ao observador do sistema, ao revelar a relação entre plantas e ambiente como modelo poético. Interagindo diretamente com estudantes, professores e público em geral, espera-se que a compreensão da importância dos vegetais e de sua interação com o ambiente se torne uma ferramenta importante no auxílio à educação ambiental, levando à promoção de uma mudança de comportamento e atitudes frente às questões ambientais, visando a conservação dos seus recursos naturais e o seu uso sustentável.
Palavras-chave
   meio ambiente, biodiversidade vegetal, sinalização, sustentabilidade, sistemas híbridos
Público-Alvo
  O público alvo das atividades propostas é abrangente, uma vez que um foco do projeto é criar oficinas voltadas para o ensino e, principalmente, discussão ampla (levando ao conhecimento e reflexão) em educação ambiental. Dessa forma, não queremos 'restringir' o público, mas deixá-lo completamente aberto a todos os interessados no tema. Mas podemos prever um público-alvo nas atividades abaixo: 1. nas atividades em escolas públicas : o público-alvo será o corpo docente e discente das unidades de ensino básico (Infantil, fundamental e médio) de rede pública. Em 2018, temos o planejamento de realizá-las na rede de colégios Pedro II: já conversamos com professores e gestores, e estamos consolidando a parceria para torná-la formal. As atividades na escola estão previstas para acontecerem em 2018.2, o que permitirá que durante 2018.1 a nossa equipe faça os ajustes e desenvolvam as atividades que atendam os anseios da escola. Mas podemos incluir outras escolas em 2018, através do projeto 'Doe uma Aula'. 2. nas atividades em eventos abertos (Museus, Feiras e similares): uma vez que são eventos abertos à população, o público-alvo será a sociedade em geral, que tenha interesse sobre o tema, aonde estarão incluídos o corpo docente e discente as unidades de ensino básico (Infantil, fundamental e médio) de rede pública e particular de ensino, bem como docentes e discentes de graduação e pós-graduação da UFRJ.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Adriana Silva Hemerly (hemerly.adriana@gmail.com) Carlos Augusto Moreira da Nóbrega (gutonobrega@gmail.com)
«« Voltar