«« Voltar
Educação Alimentar e tecnologias da comunicação para restaurantes institucionalizados
Protocolo do SIGProj:   286779.1554.124798.20112017
De:10/01/2018  à  10/01/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Maria Claudia da Veiga Soares Carvalho
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  INJC - Instituto de Nutrição Josué de Castro
Resumo da Ação de Extensão
  A promoção de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) são metas de ações de Educação Alimentar e Nutricional em equipamentos sociais de alimentação. O custeio, ou apoio e subsídio, de alimentação de qualidade para estudantes e profissionais representa um instrumento de distribuição indireta de renda que equilibra as condições de vida e profissionalização dos jovens. No entanto, os sistemas produtivos de refeições embora operem como ambientes saudáveis, não realizam sua potência para educação de coletividades, exercendo um papel mais passivo do que espera as Políticas Públicas hoje na construção de cidadania e sustentabilidade. As refeições buscam a qualidade de um alimento seguro, do ponto de vista higiênico-sanitário, oriundo de boas práticas de fabricação. O desafio desse curso é orientar tecnologias educacionais e de comunicação para construção de cidadania no universo da alimentação coletiva, entendendo que este é um espaço socioeducativo de produção, manipulação, conservação e abastecimento de alimentos em grandes dimensões que pode operar de modo mais humanizado como produtor de saberes e formador de opinião. As novas tecnologias de comunicação, assim como as novas práticas de consumo a elas articuladas, são estruturantes de novas sensibilidades que devem mediar o processo de educação continuada. Assim, essa proposta busca articular a investigação científica sobre tecnologias educacionais e de comunicação, às ações extensionistas de educação alimentar e nutricional e à atualização profissional nos equipamentos sociais de alimentação.
Palavras-chave
   Educação alimentar, restaurantes institucionais, tecnologia de comunicação
Público-Alvo
  Serão oferecidas vagas para nutricionistas, e profissionais envolvidos com gestão de restaurantes institucionais. Os alunos devem ter nível superior e técnico com responsabilidade sobre planejamento e ações nos restaurantes e arredores.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar