«« Voltar
Educação, Aprendizagem e Diversidade no espaço CAPSI-CARIM
Protocolo do SIGProj:   286746.1554.246560.22112017
De:10/01/2018  à  10/01/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Maria de Fatima Sousa de Oliveira Barbosa
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCJE - Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas
Unidade de Origem
  FACC - Faculdade de Administração e Ciências Contábeis
Resumo da Ação de Extensão
  Esse projeto é uma parceria entre o Curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação e o Instituto de Psiquiatria da UFRJ e tem como objetivo contribuir para melhorar o bem-estar social e de saúde dos pacientes frequentadores do CAPSI-CARIM, oferecendo atividades que possam, além de estimular o desenvolvimento das capacidades cognitivas desses sujeitos, utilizando para isso recursos pedagógicos, oriundos da prática em Biblioteconomia e Letras e Artes, também entreter os momentos de espera e atendimento dos pacientes. Acredita-se que essa interdisciplinaridade contribua para que se desenvolvam diferentes atividades abrangendo leitura, contação de estórias, jogos lúdicos e outras ações que serão discutidas ao longo do tempo de trabalho, de acordo com as necessidades que surjam. Além disso, pretende-se criar memória, registrando os momentos de implementação das ações, bem como os resultados alcançados, visando contribuir para políticas de implantação de serviços destinados ao público atendido por este projeto. Dentre as ações pretendidas, está a criação de uma biblioteca comunitária infanto-juvenil voltada para público frequentador do CAPSI-CARIM. Essa ação implicará em envolver profissionais capacitados em gestão e inovação de bibliotecas, expertise dos profissionais do Curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação. Além disso, contribuirá para que os alunos do CBG possam ter uma compreensão maior da dimensão dos problemas sociais contemporâneos, decorrentes do uso de drogas e transtornos mentais e permitirá que exerçam seu aprendizado de maneira cooperativa e interacionista, com responsabilidade, comprometimento e generosidade social, conceito discutido por pesquisadores como Zimmel, Moscovici, entre outros.
Palavras-chave
   Leitura, Biblioteca comunitária infanto-juvenil, Transtornos mentais, Inclusão social
Público-Alvo
  Em primeira instância, as ações desse projeto estão voltadas para o público infanto-juvenil, até os 18 anos de idade, que apresentam transtornos mentais, como autismo, ou em uso prejudicial de álcool e outras drogas, vítimas de violência e demais pacientes do CAPSI-CARIM, ampliando para os seus familiares/responsáveis desse público. Nesse sentido, o público atendido pelo CAPSI-CARIM está em torno de 324, distribuídos em 204 já em atendimento e 120 em processo de atendimento. Em segunda instância, para os alunos-bolsistas do CBG a interação com os assistidos no CARIM permitirá um amadurecimento profissional e uma compreensão maior da dimensão dos problemas sociais contemporâneos, decorrentes do uso de drogas e transtornos mentais. Isso permitirá que os alunos do CBG exerçam seu aprendizado de maneira cooperativa e interacionista, com responsabilidade, comprometimento e inovação social. Terão também a oportunidade de exercer a generosidade social, conceito discutido por pesquisadores como Simmel, Moscovici, entre outros.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Estima-se 4 certificados para os 4 professores da equipe; 8 para os discentes atuantes 2 para os discente voluntários
«« Voltar