«« Voltar
IDENTIFICAÇÃO DE GENÓTIPOS DE MILHO COM ADAPABILIDA-DE GENOTÍPICA A REGIÃO DOS CHAPADÕES
Protocolo do SIGProj:   286429.1430.165524.08112017
De:20/11/2017  à  20/11/2021
 
Coordenador-Extensionista
  Paulo Eduardo Teodoro
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPCS - Câmpus de Chapadão do Sul
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  Uma das estratégias que podem ser contribuir para incremento da produção de milho no Estado de Mato Grosso do Sul é a seleção de genótipos com ampla adaptabilidade a ambientes do Estado. Este projeto tem como objetivo realizar recomendação de genótipos de milho para região dos Chapadões. Seus objetivos específicos são: recomendar híbridos e variedades de polinização aberta de milho para ambientes favoráveis, que empregam alto nível tecnológico na região dos Chapadões; identificar híbridos e variedades de polinização aberta de milho com produtividade satisfató-ria em ambientes desfavoráveis, que utilizam baixo nível tecnológico na região dos Chapadões; recomentar híbridos e variedades de polinização aberta de milho com ampla adaptabilidade fenotípica a região dos Chapadões. Nas safras 2017/2018, 2018/2019 e 2019/2020 serão conduzidos ensaios comparativo de cultivares no setor de Fitotecnia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Chapadão do Sul. O número de híbridos e/ou variedades de polinização aberta será variável em função dos diferentes materiais genéticos disponíveis na região. As parcelas consistirão de sete linhas com 5 m de comprimento, com espaçamento de 0,45 m entre linhas e densidade de 2,5 plantas por metro. Os dados serão submetidos a análise de modelos mistos considerando os efeitos de blocos como fixo e os demais como aleatórios.
Palavras-chave
   Zea mays, interação genótipos x ambientes, modelos mistos
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar