«« Voltar
Utilização da biodiversidade do estado do Mato Grosso do Sul para busca de substâncias bioativas
Protocolo do SIGProj:   285964.1430.129251.30112017
De:20/02/2018  à  20/12/2021
 
Coordenador-Extensionista
  Maria Carolina Silva Marques
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  INBIO - Instituto de Biociências
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  Apesar dos avanços tecnológicos, as doenças infecciosas continuam a gerar desafios, especialmente no seu combate. Muitas dessas infecções se enquadram nas chamadas doenças negligenciadas, que devido a este fato apresentam pouquíssimas opções de tratamento. No lado oposto, as doenças bacterianas e fúngicas emergentes e re-emergentes vêm demonstrando que todo o arsenal disponível, não é suficiente para atender ao rápido desenvolvimento de resistência. Nesse contexto, o estudo da biodiversidade de Mato Grosso do Sul, utilizando bioensaios in vitro pode ser empregado como método de triagem para a busca de substâncias bioativas. Estudos relacionados ao conhecimento do potencial biológico e/ou farmacológico dos denominados produtos naturais do estado do Mato Grosso do Sul se faz necessário para o entendimento da biodiversidade desse estado, relativamente novo. Por isso este projeto vem propor a constituir uma rede de testagem, avaliando diferentes atividades biológicas e/ou farmacológicas de compostos e materiais derivados de produtos naturais advindos dos diferentes biomas que constituem o estado do Mato Grosso do Sul.
Palavras-chave
   screening, produtos naturais, bioensaios
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar