«« Voltar
A experiência do Mercado Vivo na promoção de Segurança Alimentar e Nutricional
Protocolo do SIGProj:   285947.1554.276243.21112017
De:01/02/2018  à  30/06/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Rosana Salles da Costa
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CCS - Centro de Ciências da Saúde
Unidade de Origem
  INJC - Instituto de Nutrição Josué de Castro
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto 'Mercado Vivo na promoção de Segurança Alimentar e Nutricional' tem como objetivo realizar atividades que visam empoderar moradores usuários no Centro Municipal de Saúde (CMS) Madre Tereza de Calcutá, na Ilha do Governador, para a redução da insegurança alimentar. A proposta traz uma nova perspectiva na promoção da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), reorganizando cadeias de produção e consumo de modo a facilitar o acesso a produtos de primeira necessidade, agindo assim no principal fator de risco da insegurança alimentar que é a dificuldade de acesso aos alimentos em função do baixo poder aquisitivo. O projeto atende a crianças, jovens e adultos usuários da Unidade de Saúde, atuando em duas linhas: 1) Desenvolvimento de hortas comunitárias e educação alimentar, promovendo a ampliação e manejo da horta comunitária do CMS Madre Tereza de modo a se tornar um eixo gerador das múltiplas dimensões da educação alimentar na infância, bem como da garantia do direito humano à alimentação adequada e 2) Produção e consumo solidários, promovendo mutirões de produção de cestas de produtos artesanais contendo preparações alimentícias e produtos de higiene e limpeza e criando instalações de compartilhamento de bens e serviços sem o uso do dinheiro.
Palavras-chave
   Segurança Alimentar e Nutricional, Direito Humano a Alimentação Adequada, Educação Alimentar, Hortas Comunitárias, Consumo Solidário
Público-Alvo
   O público alvo do projeto abrange grupos sociais diversos externos à comunidade da UFRJ. O território selecionado para atuação do projeto é a comunidade do entorno do CMS Madre Tereza de Calcutá no Bancários, Ilha do Governador. O Bancários é um bairro de 12.512 habitantes (IBGE 2010) e IDH de 0,861 (IBGE 2000). Na localidade existem 2 complexos de favelas o INPS e Bancários conhecidos na Ilha do Governador como palco de atos de violência e tiroteios e intensa atividade do tráfico de drogas. O complexo de favelas do INPS é referenciado pelo Programa de Saúde da Família (PSF) para ser atendido no CMS Madre Tereza. O público alvo do projeto é composto por profissionais de saúde, crianças, jovens e adultos moradores de comunidades do entorno e usuários do CMS Madre Tereza de Calcutá e alunos da educação infantil da Creche Maria Arminda Falabella Souza Aguiar.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Rosana Salles-Costa email: rosana@nutricao.ufrj.br
«« Voltar