«« Voltar
Educação em Saúde para o Cuidador Domiciliar
Protocolo do SIGProj:   285840.1554.199321.22112017
De:20/03/2018  à  20/03/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Raquel Silva de Paiva
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  Macaé - Campus UFRJ-Macaé Professor Aloísio Teixeira
Unidade de Origem
  univ - Polo Universitário
Resumo da Ação de Extensão
  O projeto surge a partir do resultado da tese de doutorado que investigou a dinâmica das famílias que cuidam de seus entes, no domicílio, após episódio de acidente vascular cerebral (PAIVA 2016). Os resultados apontaram para necessidade de orientação sobre cuidado de si e cuidado com o outro, no ambiente domiciliar uma vez que esses cuidadores não encontram oportunidade para fazer cursos de capacitação ou receber orientações em outros espaços devido as inúmeras demandas do cuidado domiciliar. O projeto pretende identificar as necessidades de educação em saúde do cuidado domiciliar de pessoas acamadas ou idosos que necessitam de cuidados específicos; promover educação em saúde para o cuidador domiciliar; avaliar a eficiência das atividades de educação em saúde prestadas ao cuidador. Compreendemos a educação em saúde como ferramenta imprescindível para realização de um cuidado ético, seguro e satisfatório para quem realiza e para quem recebe. Consideramos que acessar o cuidador no ambiente domiciliar oportuniza a prática de ação educativa singular, tendo a equipe de saúde local como principal vínculo entre comunidade e universidade. Sistematização das atividades: escolha do local (áreas programáticas) para realização das atividades, diagnóstico situacional das necessidades de educação em saúde dos cuidadores domiciliares, através de uma abordagem interativa, dialógica e participativa, capacitação da equipe que compõe a atividade extensionista visando a implementação das ações educativas, individuais e/ou coletivas, tanto para o cuidado de si quanto para cuidado do outro.
Palavras-chave
   assistência domiciliar, educação em saúde, saúde da família
Público-Alvo
  Cuidadores domiciliares de pessoas acamadas/idosos ou que necessitam de cuidados específicos no domicílio. A amostra dar-se-a através do diagnóstico situacional e busca ativa realizada em conjunto com as equipes de Saúde da Família. Critérios de inclusão: cuidadores informais (declarados familiares ou não), que tenham assumido o cuidado domiciliar de um ente acometido por sequelas de doenças degenerativas ou neurológicas ou cuidadores de idosos dependentes de cuidados específicos devido a senilidade. Critérios de exclusão: cuidadores que não estejam dentro da área programática abrangida pela estratégia de saúde da família participantes do projeto de extensão.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar