«« Voltar
Estudo farmacológico da Isoquercitrina e análogos sobre a resposta inflamatória induzida em
Protocolo do SIGProj:   284153.1430.484.09102017
De:05/03/2018  à  05/02/2020
 
Coordenador-Extensionista
  Monica Cristina Toffoli Kadri
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  FACFAN - Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Alimentos e Nutrição
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  A isoquercitrina é um monoglicosídeo do flavonoide natural mais abundante, a quercetina. Diferente da quercetina e rutina, os dados disponíveis na literatura com enfoque nas propriedades biológicas, metabolismo e obtenção da isoquercitrina ainda é baixo, visto que a mesma é extraída em pequenas concentrações, tornando sua utilização em escala industrial inviável. Em contrapartida, os estudos disponíveis sugerem que este flavonoide seja um composto natural promissor, com atividades farmacológicas de relevância. A síntese química da isoquercitrina a partir de materiais de partida acessíveis, bem como a síntese de análogos para avaliar o seu potencial biológico, são importantes para fornecer um protocolo para fácil obtenção de candidatos a fármacos para o tratamento de processos inflamatórios. Os flavonoides são polifenóis que compreendem uma das classes mais numerosas de produtos naturais, e estão entre os mais consumidos na dieta humana e animal, encontrados em frutos e legumes diversos, sementes, caules, flores, folhas, infusões, vinhos, entre outros. Alguns efeitos que esses compostos desempenham incluem ação antioxidante, anti-inflamatória, antialérgica e antitumoral. São conhecidos por inibir a peroxidação lipídica, agregação plaquetária, as atividades das ciclooxigenases e lipoxigenases. Os resultados sobre a síntese e a avaliação biológica da isoquercitrina, assim como de seus análogos parecem ser insuficientes dada a potencialidade da aplicação farmacológica. As rotas sintéticas proporcionarão produtos que podem trazer um valor agregado reduzido, possibilitando a sua produção em escala maior. Os testes biológicos fornecerão uma visão ampla e completa da potencialidade biológica dos análogos da isoquercitrina, facilitando a escolha do composto protótipo.
Palavras-chave
   isoquercitrina, inflamação, síntese
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
  
«« Voltar