«« Voltar
Jornalismo Comunitário: integração entre a Redes da Maré e a Escola de Comunicação da UFRJ
Protocolo do SIGProj:   284008.1554.28028.22112017
De:10/01/2018  à  10/01/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Ivana Bentes Oliveira
Instituição
  UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Unidade Geral
  CFCH - Centro de Filosofia e Ciências Humanas
Unidade de Origem
  ECO - Escola de Comunicação
Resumo da Ação de Extensão
  A Redes da Maré atua há mais de 20 anos nas 16 comunidades da Maré e desde 2009, com a criação do Maré de Notícias, dissemina informação crítica de qualidade para os moradores do conjunto de favelas da Maré. O Maré de Notícias, jornal mensal distribuído de porta em porta, é a maior oferta de informação crítica de qualidade para os 140 mil habitantes da Maré, em seus 47 mil domicílios. A distribuição dos 50 mil exemplares é feita em parceria com as 16 associações de moradores, mas também acontece em estabelecimentos comerciais dentro e fora da Maré. Todas as edições do Maré de Notícias são disponibilizadas de forma online no site da Redes da Maré. Além disso, criamos dois post diários nas Redes Sociais, e um boletim mensal para os apoiadores e patrocinadores, além de um boletim semanal para os colaboradores da organização. (@redesdamare) (21) 3104-3276 http://redesdamare.org.br/maredenoticias ; facebook.com/redesdamare ; http://redesdamare.org.br/maredenoticias ; comunicação@redesdamare.org.br ;
Palavras-chave
   Comunicação, Jornalismo Cidadão, Ativismo
Público-Alvo
  A Redes da Maré já atua no conjunto de favelas da Maré do Estado do Rio de Janeiro e participam das suas ações grupos comunitários, lideranças sociais e culturais, participantes de Organizações Não governamentais, etc. A parceria com a Escola de Comunicação da UFRJ tem como objetivo oferecer as atividades de produção de mídia comunitária para os estudantes de graduação e pós graduação da UFRJ, com a eventual participação de professores, gestores públicos, produtores culturais. O jornal Maré de Notícias tem tiragem de 50 mil exemplares e é distribuído em toda a Maré. Aos pareceristas: Além dos estudantes da UFRJ, o projeto visa atender o público em geral mediante inscrição prévia em datas a serem definidas. Serão disponibilizadas 20 vagas no total, respeitando os seguintes critérios: 1. Ser morador de favelas da cidade do Rio de Janeiro; 3. Escolaridade mínima: segundo grau; 4. Ter 18 anos no mínimo.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   danimoura@gmail.com
«« Voltar