«« Voltar
Seminário Trabalho Escravo Hoje: Realidade e Desafios
Protocolo do SIGProj:   283798.1400.45033.04102017
De:09/11/2017  à  09/11/2017
 
Coordenador-Extensionista
  Liliam Deisy Ghizoni
Instituição
  UFT - Universidade Federal do Tocantins
Unidade Geral
  PROEX - Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários
Unidade de Origem
  DIX - Diretoria de Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  O Seminário Trabalho Escravo Hoje: Realidade e Desafios a ser realizado dia 09 de novembro de 2017 no CUICA/UFT tem por objetivo discutir a temática Trabalho Escravo Contemporâneo entre estudantes universitários. O tema trabalho escravo é atrelado muitas vezes a nossa história como algo do passado, extinto com a lei Áurea em 1988, entretanto, desde 1995 o governo brasileiro admite a existência de trabalho escravo no Brasil, tendo em torno de 200 mil trabalhadores resgatados da situação de escravos ate o ano de 2016. é uma situação que assola o mundo todo em números alarmantes. Uma situação que envolve um ciclo vicioso que advém da vulnerabilidade social de muitos trabalhadores, em sua maioria, no Brasil, homens com idade variando de 18 a 44 anos, analfabetos (33%) ou so com a quarta série (39%), trabalhando em pecuária (29%), cana (25%) e outros. É um tema que evolve estudantes de diversas áreas: direito, serviço social, administração, engenharias, psicologia, etc. É importante destacar que o trabalho escravo é crime contra a dignidade humana (codigo penal ar 149). Qualquer um destes 4 elementos é sificiente para configurar trabalho escravo: trabalho forçado, jornada exaustiva, servidão por dívida, condições degradantes.
Palavras-chave
   trabalho análogo a escravidão, trabalho forçado, jornada exaustiva, servidão por dívida, condições degradantes.
Público-Alvo
  Espera-se alcançar o público universitário das instituições de ensino superior de Palmas e região. Estima-se 400 pessoas.
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar