«« Voltar
Olhares, vozes e memórias: saberes africanos e indígenas, 2018/9
Protocolo do SIGProj:   281880.1534.132534.20092017
De:01/03/2018  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Luisa Tombini Wittmann
Instituição
  UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina
Unidade Geral
  FAED - Centro de Ciências Humanas e da Educação
Unidade de Origem
  DH - Departamento de História
Resumo da Ação de Extensão
  OLHARES, VOZES E MEMÓRIAS: SABERES AFRICANOS E INDÍGENAS é um programa de extensão de abrangência nacional, interinstitucional, que tem por objetivo o combate ao racismo e a promoção da igualdade e da diversidade étnico-racial através de ações que auxiliem na implementação das Leis Federais 10.639/03 e 11.645/2008 e das Diretrizes Nacionais de Educação para as Relações Étnico-Raciais e História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e Diretrizes Operacionais para a Implementação da História e das Culturas dos Povos Indígenas na Educação Básica, em decorrência da Lei n. 11.645/2008. É desenvolvido em parceria com instituições federais, estaduais e municipais da rede oficial de ensino e movimentos sociais. Tem como público alvo educadores(as), alunos(as), gestores(as) públicos, acadêmicos(as) de licenciaturas e bacharelado, pós-graduandos, pesquisadores da área de História, de Educação, de Geografia, de Artes e de Biblioteconomia e demais interessados, membros de movimentos sociais, migrantes africanos e moradores de aldeias indígenas. Os projetos vinculados a este programa preveem a elaboração um audiovisual indígena e a realização de duas Jornadas: I Jornada de Estudos Africanos e I Jornada de História e Cultura Indígena. As três ações resultarão em materiais didáticos em formato audiovisual, para uso em escolas e por interessados em geral.
Palavras-chave
   Educação, Estudos Africanos, História e Cultura Indígena, Diversidade Étnico-racial
Público-Alvo
  As ações desenvolvidas através do Programa OLHARES, VOZES E MEMÓRIAS: SABERES AFRICANOS E INDÍGENAS – são direcionadas aos professores(as) da rede pública de ensino, estudantes de graduação e de pós-graduação (das mais diversas áreas), entidades de movimentos sociais, instituições não governamentais, migrantes africanos e integrantes de comunidades indígenas. Todas as temáticas estão relacionadas aos Estudos Africanos e Indígenas. Todas as atividades serão realizadas em parceria com os sujeitos diretos envolvidos nas temáticas deste programa: africanos e indígenas. Público Interno: Discentes dos cursos de graduação em História, Pedagogia, Biblioteconomia, Geografia, Arte; discentes da pós-graduação em História (PPGH e ProfHistória) e Educação; docentes dos Departamentos de História, Biblioteconomia, Pedagogia, Geografia, Artes Visuais. Externo: Comunidade em geral, docentes e discentes dos sistemas de ensino (municipal, estadual e federal), educadores comunitários, gestores públicos, pesquisadores(as) das temáticas, graduandos(as) e pós-graduandos(as) de outras instituições de Ensino Superior, membros de movimentos sociais, migrantes africanos(as) e moradores de aldeias indígenas.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   ayalaboratorio@gmail.com
«« Voltar