«« Voltar
O Sentido do Olhar - Os Usos Sociais do Desenho (Ano 7)
Protocolo do SIGProj:   281808.1534.81447.21092017
De:01/03/2018  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Douglas Ladik Antunes
Instituição
  UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina
Unidade Geral
  CEART - Centro de Artes
Unidade de Origem
  DDE - Departamento de Design
Resumo da Ação de Extensão
  Este programa de extensão, em seu sétimo ano de execução, aprofunda a articulação de ações voltadas à quatro projetos específicos que enfatizam as relações entre os campos do Design e das Artes Visuais com a apropriação social de tecnologias, sistemas de representação e artefatos. O recorte conceitual que fundamenta a práxis do Design e das Artes deste programa correlaciona a ação projetual e de planejamento, aqui compreendidas por 'desenho', com seu engajamento em contextos que demandem uma natureza colaborativa e integrativa do processo projetual. Assim os projetos constituintes do programa estão subdivididos em quatro linhas: 1. de apoio à Cartografia Social e aos sistemas de representação de grupos e comunidades tradicionais de Santa Catarina, tendo em vista a ampliação da visibilidade social dos grupos e suas estratégias de enfrentamento dos conflitos territoriais; 2. de apoio aos grupos ligados ao engenho de farinha na Costa da Lagoa, em Florianópolis; 3. de diagnóstico da demandas de Design Gráfico para Associação Engenho (sediada na a Costa da Lagoa, Florianópolis, SC); e 4. à assessoria aos grupos formais e informais ligados às Artes Gráficas e Artes Visuais na região da Grande Florianópolis. A relação entre os quatro projetos enfoca como resultado além da criação de novas tecnologias, artefatos e sistemas de representação a realização de oficinas e cursos direcionados às trocas de conhecimentos e sociabilização dos grupos envolvidos e a compreensão dos diferentes sentidos da produção e reprodução das tecnologias sociais.
Palavras-chave
   Design, Cultura, Sociedade, Movimentos Sociais, Artefatos, Tecnologia Social.
Público-Alvo
  Este programa apoiará as ações de extensão junto aos movimentos sociais que se caracterizam como unidades de mobilização de diferentes grupos sociais, além de instituições. O público alvo deste programa envolve diferentes grupos sociais, justamente pelo programa ser constituído de quatro projetos de extensão que enfocam realidades diferentes. O primeiro projeto envolve as ações de extensão no contexto de comunidades tradicionais, fundamentalmente voltadas à conquista de visibilidade social e materiais de apoio às estratégias de suas unidades de mobilização; entre tais comunidades, cabe destacar as relações de extensão com os seguintes grupos: cipozeiros (Garuva e Guaratuba) e Indígenas Xokleng / Laklãnõ (José Boiteux) e os grupos de capoeiras da Grande Florianópolis. O segundo projeto é voltado ao contexto da Costa da Lagoa em Florianópolis e sua comunidade (prioritariamente da Vila Verde, local do engenho de farinha), com ações de assessoria ao desenvolvimento e melhoramento das tecnologias tradicionais do território (Engenho). O terceiro projeto de extensão é voltado à articulação de eventos dos públicos envolvidos no programa, com ações de capacitação - através de cursos. O quinto projeto foca a assessoria voltada ao contexto dos coletivos de artistas e da produção artística e de artes gráficas na região da Grande Florianópolis.
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Para maiores informações, contato direto com o coordenador das ações e equipe de execução: douglasladik@hotmail.com Cipozeiros em Movimento/facebook
«« Voltar