«« Voltar
Promoção e prevenção de infecções, intoxicações e desastres naturais
Protocolo do SIGProj:   280771.1534.6433.02102017
De:01/03/2018  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Arnildo Korb
Instituição
  UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina
Unidade Geral
  CEO - Centro de Educação Superior do Oeste
Unidade de Origem
  DENF - Departamento de Enfermagem
Resumo da Ação de Extensão
  Trata-se da reedição do programa de extensão: Resistência bacteriana, infecções e resíduos de medicamentos: um desafio para os programas de educação permanente. A nova proposta compõem-se das seguintes atividades: Ações interdisciplinares e multiprofissionais: universidade e comunidade interagindo para reduzir riscos de infecções e a resistência bacteriana; motivar para o conhecimento: medicamentos, seus resíduos e as consequências; minimizar danos e prejuízos de desastres naturais ocorridos pelas vulnerabilidades de moradias; conversar sobre saúde sexual e drogas ilícitas com adolescentes e comunidades inter-relacionadas; e sistematizar atividades de educação e promoção em saúde. Objetivo: realizar ações de promoção e prevenção de infecções, intoxicações e desastres naturais em instituições públicas em saúde, educação e assistência social sem fins lucrativos. Metodologia: serão realizadas capacitações com profissionais de saúde nas 28 UBS de Chapecó sobre controle de infecções como do trato urinário, sífilis, resistência bacteriana e descarte de resíduos de medicamentos. Serão realizados cursos com professores de ciências da rede municipal de Chapecó e com professores de biologia do ensino médio da rede estadual. Nas comunidades socialmente vulneráveis buscar-se-á identificar fatores que contribuam no desenvolvimento de doenças e acidentes que resultam dos desastres socioambientais. Trata-se de um projeto inovador, pois articula a pesquisa, o ensino e a extensão. Pretende-se no término de cada ação avaliar os resultados por meio de um instrumento que será submetido previamente ao comitê de ética em pesquisa da UDESC. Solicita-se R$10.000,00, 1 bolsistas (20 h) e voluntários. Carga horária 15210 h.
Palavras-chave
   Meio ambiente, promoção a saúde, educação
Público-Alvo
  Alunos das escolas da rede estadual e municipal de Chapecó. Profissionais da saúde dos CSF de Chapecó, com foco nas políticas do COAPES Acadêmicos da UDESC Familias atendidas pela ONG Verde Vida e profissionais que nela atuam Técnicos da secretaria municipal de saúde de Chapecó População de Chapecó e região usuária dos sistemas de saúde do SUS
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Mídia eletrômica
«« Voltar