«« Voltar
BPaRkI: Iniciativa Brasileira de Reabilitação na doença de Parkinson
Protocolo do SIGProj:   280757.1534.117995.22092017
De:01/03/2018  à  31/12/2019
 
Coordenador-Extensionista
  Alessandra Swarowsky Martin
Instituição
  UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina
Unidade Geral
  CEFID - Centro de Ciências da Saúde e do Esporte
Unidade de Origem
  DF - Departamento de Fisioterapia
Resumo da Ação de Extensão
  Estima-se que 2030, 9 milhoes de pessoas sejam afetadas pela doença de Parkinson. A falta de uma Diretriz de cuidado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para acolher e orientar esses indivíduos é uma barreira enfrentada tanto pelos indivíduos com DP quanto pelos profissionais de saúde. A falta de informação a respeito da doença e seu manejo pode acarretar em restrições à participação em sociedade deste indivíduo, bem como aumentar a sobrecarga dos familiares. Para tanto, o objetivo deste programa é desenvolver ações nos níveis de atenção primária e secundária baseadas nos princípios da centralização do indivíduo dentro de seu contexto real e auto monitoramento da saúde, desenvolvendo e criando mecanismos de promoção à saúde, bem como ações de avaliação, tratamento e pesquisa em fisioterapia na DP. O programa visa produzir uma Diretriz de cuidado ao indivíduo com DP a ser distribuído nas Unidades de Saúdes orientando os portadores e cuidadores, auxiliando como coadjuvante no processo de reabilitação. Para tanto, o programa conta com 4 ações de extensão: 1) Promoção e Orientação à Saúde ao indivíduo com DP; 2) Avaliação fisioterapêutica do individuo com DP; 3) Tratamento fisioterapêutico do individuo com DP; 4) BPaRkI research group. O programa é coordenado pela Profa. Alessandra Swarowsky, terá início em março de 2018 e término em dezembro de 2019. As ações ocorrem de duas a três vezes por semana, com duração de 2h cada e ocorrem nas Unidades Básicas de Saúde de Florianópolis, no Centro Catarinense de Reabilitação, e no CEFID.
Palavras-chave
   doença de Parkinson, Atenção primária e secundária à Saúde, Fisioterapia
Público-Alvo
  Grupos comunitários: Indivíduos portadores da Doença de Parkinson (são atendidos em média 50 pacientes por sessão, sendo duas sessões por semana, totalizando 10.000 atendimentos no período total da ação). Público interno da Universidade: um professor do curso de Fisioterapia, um do curso de Educação Física, alunos de graduação em Fisioterapia e Educação Física, mestrandos do PPG Fisioterapia e Ciências do Movimento Humano da UDESC. Além disso, a ação terá a participação dos residentes do Programa de Residência Musltidisciplinar da UDESC/Prefeitura de Florianópolis. Profissionais de saúde da Rede Municipal de Saúde de Florianópolis (1 Fisioterapeuta, 1 Enfermeira, 1 Médico, 1 Educador Físico, e demais profissionais de saude).
Situação
  Atividade EM ANDAMENTO
Contato
   Profa. Dra. Alessandra Swarowsky Martin (48) 36648605/(48) 984753759 alessandra.martin@udesc.br
«« Voltar