«« Voltar
Frutificar: implantação de espécies frutíferas em escolas públicas
Protocolo do SIGProj:   279637.1523.227161.07082017
De:01/10/2017  à  01/08/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Guilherme Jornada de Freitas
Instituição
  UEMS - Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  Aquidauana - Unidade Universitária de Aquidauana
Unidade de Origem
  Agronomia - Coordenação de Curso de Agronomia
Resumo da Ação de Extensão
  A adoção de alimentação saudável, em um mundo recheado de alimentos ultraprocessados, facilmente encontrados nas gôndolas dos supermercados não é uma tarefa fácil. A disponibilidade desses produtos, muitas vezes com teores extremamente elevados de sódio e conservantes, aliados a seu baixo custo facilitam para que, principalmente crianças, o consumam em excesso. Visando diversificar a alimentação escolar a ideia desse projeto é a implantação de pomares em escola pública, para que haja disponibilidade de frutas ao alcance dos alunos, tornando seu consumo um hábito e disponibilizando esses alimentos na merenda escolar. A escolha das espécies será feita em conjunto com a escola, dando-se preferência por aquelas de ciclo curto, para que haja frutificação em pouco tempo. A multiplicação das espécies será feita em conjunto com os alunos, para que eles possam aprender conceitos como germinação e crescimento. A semeadura será feita em recipientes reciclados, visando sustentabilidade. A implantação do pomar será feita na escola, no chão, e também em vasos, quando a espécie permitir. Espera-se que o projeto dê bons frutos ao fazer com que os alunos percebam que é possível o cultivo de alimentos em pequenos espaços e que este é um método simples que pode ser replicado em casa e que, com isso, os mesmos adquiram o hábito de introduzir as frutas em sua alimentação diária.
Palavras-chave
   fruticultura, frutíferas, educação ambiental, alimentação
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar