«« Voltar
O amor cortês, nos poemas 'Amor em Leonoreta', de Cecília Meireles
Protocolo do SIGProj:   279004.1530.264971.01082017
De:01/10/2017  à  30/09/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Cristiane Rodrigues de Souza
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPTL - Câmpus de Três Lagoas
Unidade de Origem
  CPQ - Comissão Setorial de Pesquisa
Resumo da Ação de Extensão
  A pesquisa terá como objeto de estudo o poema “Amor em Leonoreta”, de Cecília Meireles. Para tanto, o caminho de análise será pautado pela perspectiva do amor cortês, visto que a poeta visitou esse tema na literatura espanhola para escrever o seu poema em sete cantos. Assim, pretende-se estudar como o amor cortês é redesenhado nos poemas de Cecília, com base no estudo do poema “Amor em Leonoreta”, tendo em vista a a sua relação com a narrativa medieval espanhola de Amadís de Gaula. A partir do caminho de análise que optamos, o trabalho será embasado por textos teóricos sobre a questão amorosa, como A dupla chama: amor e erotismo, em que Octavio Paz traça um panorama histórico sobre o amor ao longo do tempo, mostrando como a temática do amor surge no âmbito literário desde os primórdios; O banquete, de Platão, que associa o amor ao belo, à busca pelo bem e pela felicidade, assim como ao desejo pela imortalidade; o Pequeno tratado das grandes virtudes, de Conte-Sponville, que estabelece três concepções de amor: eros, desejo de possuir, como aparece em Platão; philia amor do regozijo e da amizade; agapé, amor gratuito, caridade, benevolente.
Palavras-chave
   1) Poesia 2) Cecília Meireles 3) Amor
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar