«« Voltar
Criança Pantaneira e as Poesias de Manoel de Barros: Uma Infância Regional
Protocolo do SIGProj:   276329.1410.258004.19062017
De:01/01/2017  à  01/01/2018
 
Coordenador-Extensionista
  Laura Marin Lugo Magdalena
Instituição
  UFMS - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Unidade Geral
  CPAQ - Câmpus de Aquidauana
Unidade de Origem
  CEX - Comissão Setorial de Extensão
Resumo da Ação de Extensão
  O Projeto tem como objetivo continuar proporcionando nas séries iniciais do Ensino Fundamental uma infância com as poesias de Manoel de Barros e busca, desenvolver um espaço onde a poesia se faz criança e a infância possa ser vivenciada,na Escola Pantaneira - Fazenda Taboco. A Proposta do Projeto, é identificar que a fonte de toda infância é a imaginação, e pensando em ser essa uma proposta além de cultural, pedagógica, concordamos com Marita Redin (2007) ao dizer que “nossa ação pedagógica, por mais subjetiva que seja, é sempre uma opção e neste caso uma opção pela infância e também pela criança” (p. 83). Assim, nossa ação pedagógica precisa ser pensada e desenvolvida desconstruindo paradigmas, rompendo barreiras para poder experienciar novas alternativas. A infância está no brincar, brincar sempre e as poesias de Manoel de Barros proporciona essa ludicidade.
Palavras-chave
   Criança, poesia, infância
Público-Alvo
  
Situação
  Atividade COM RELATORIO FINAL
Contato
  
«« Voltar